Ceará

Águas do Rio São Francisco devem chegar em 2018 ao Ceará

A tão esperada transposição das águas do São Francisco parece estar mais próxima de se tornar uma realidade. Depois de uma paralisação de mais de um ano, a retomada da obra é encarada como a possibilidade de uma mudança radical na situação hídrica do Nordeste, castigada pela seca nos últimos cinco anos.

A esperança de empresários e gestores é o de aliar, neste momento, o aprendizado dos últimos anos de estiagem com os recursos hídricos do São Francisco. Ou seja: a partir de agora, que haja um aproveitamento melhor da água, com a implantação de soluções da iniciativa privada de reúso de água, abertura de poços e dessalinização.

A previsão é de que as águas do São Francisco cheguem ao Ceará somente em fevereiro de 2018, mas até lá vários projetos podem ser viabilizados. Portanto, quem conseguir sobreviver aos problemas atuais e mantendo os seus projetos poderá ter uma situação mais confortável num futuro próximo.

RECURSOS

CODEVASF ASSUMIRÁ TRANSPOSIÇÃO ATÉ ANO QUE VEM
A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) deve assumir a Transposição do Rio São Francisco somente após a conclusão das obras, prevista para dezembro deste ano, e após também a liberação de orçamento para conduzir o processo. A fase atual ainda é de retomada do Eixo Norte.

A presidente da Codevasf, Kênia Régia Anasenko Marcelino, em entrevista ao O POVO Economia, explicou que as obras do São Francisco são de responsabilidade do Ministério da Integração. Há uma preocupação agora com a fase de pré-operação e a Codevasf acompanha os editais para a definição da empresa que prestará este serviço.

Foi contratada uma consultoria da Fundação Getúlio Vargas para a elaboração de estudos sobre a gestão da água e também está sendo adquirida energia no mercado livre para o projeto. Energia é um dos pontos centrais quando se fala na transposição do Rio São Francisco: há interesse de aproveitamento do canal para a produção de energia solar e eólica.

Ontem, a presidente da Codevasf visitou empresas de floricultura no município de São Benedito e prometeu voltar ao Ceará com mais tempo para conhecer melhor os projetos de irrigação.

DESAFIO

NOVO PLANO DE OUTORGAS
A criação de um novo plano de outorga de água é um dos desafios da Secretaria de Recursos Hídricos, da Secretaria da Pesca e do Ministério da Integração. O secretário da Pesca, Euvaldo Bringel, adiantou ontem à coluna a proposta de criação de prioridades no uso de recursos hídricos, levando em conta a relação renda/emprego por água consumida.

No plano nacional, a discussão passa pelo semiárido e pela dependência das águas do São Francisco. A proposta é de deixar a água para um consumo mais nobre, com a produção de energia no rio apenas através dos empreendimentos de geração de energia solar e eólica.

LAGOSTA VIVA

AÇÕES PARA PESCA
Com a crise hídrica e a falta de recursos, a Secretaria da Pesca foi obrigada a focar em ações que precisem de pouca água. Diante da situação, as atenções foram voltadas para os seguintes projetos: lagosta viva, que valoriza o produto e gera renda para o pescador; tilápia intensiva, que possui um gasto mínimo de água; e peixamento de pequenos açudes que conseguirem uma boa reserva hídrica na quadra chuvosa.

“Eles podem até secar em seis ou sete meses, mas até lá vão gerar ainda muita produção de alimentos”, destaca o secretário Euvaldo Bringel.

ZPE

OPORTUNIDADES PARA OS CHINESES
As oportunidades na ZPE Ceará foram apresentadas ontem na V Reunião da Subcomissão de Indústria e Tecnologia da Informação da Comissão Sino-Brasileira de Concertação e Cooperação Brasil China (Cosban), no Ministério da Indústria, em Brasília. O presidente da ZPE, Mário Lima Júnior, informou que, após a consolidação da área siderúrgica, a busca agora é pela diversificação de atividades.

A projeção do governo é que a expansão da ZPE esteja concluída em abril de 2018, agregando uma área de 150 hectares.

CSP

EMBAIXADOR DA COREIA DO SUL
O embaixador da Coreia do Sul, Jeong-Gwan Lee, acompanha hoje o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, em visita às instalações da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP). O convite foi feito pelo deputado do PSDB, Raimundo Gomes de Matos, que é presidente da Frente Parlamentar Brasil-Coreia na Câmara Federal.

ROCK BRAND

ESCOLA DE GESTÃO
A construção de grandes marcas depende de técnicas e estratégia. O caso do Rock in Rio será contado no próximo dia 8 pela diretora de marketing do evento, Agatha Arêas, que participará do Rock Brand, projeto da escola de gestão, brand e marketing Desencaixa. A programação será realizada no cinema do Shopping Del Paseo.

Temos o melhor congresso que o dinheiro pode comprar”

Mark Twain (1835-1910), escritor norte-americano

RÁDIO
O POVO Economia da Rádio O POVO CBN (FM 95.5), a partir das 14 horas. Destaque para o “Sobe e desce da economia”, com o jornalista Nazareno Albuquerque.

TV
Você pode assistir ao programa O POVO Economia também através do portal: tv.opovo.com.br/opovoeconomia.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.