Ceará

Capturado traficante suspeito de ter comandado chacina na cidade de Horizonte

Dez dias depois da chacina que deixou cinco pessoas mortas na cidade de Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), a Polícia deteve um homem que pode ser a chave para a elucidação do caso. Ele é apontado como traficante de drogas e assaltante, tido como de altíssima periculosidade e envolvido na matança ocorrida na noite do dia 12 passado, Dia dos Namorados.

Mário Everton dos Santos, conhecido por “Maninho”, foi preso por policiais militares durante uma abordagem na Rua Francisco Bento, no bairro Planalto Horizonte. Ele trafegava em uma motocicleta com suspeitas de roubo. Ao revistar o acusado, a Polícia descobriu que ele estava armado com um revólver de calibre 38, municiado.

O bandido foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil do Município onde foi autuado em flagrante pelo porte ilegal de arma e agora vai ser investigado sobre a morte das cinco pessoas naquela cidade. Segundo as autoridades, “Maninho” é temido pelos moradores dos bairros Planalto Horizonte, Diadema I e Diadema II, onde controlaria o tráfico de drogas, participava e ordenava mortes.

A chacina
O quíntuplo assassinato aconteceu quando amigos comemoravam um aniversário em um bar, na Rua Baturité, no bairro Diadema I, na periferia da cidade de Horizonte. Era por volta de 19 horas, quando bandidos chegaram no local à bordo de um carro branco, importado, modelo Corolla, desembarcaram já com armas na mão e se dirigiram ao bar onde, segundo as informações, iriam matar um desafeto conhecido por “Gleicinho”, que conseguiu fugir.

Com a fuga daquele que seria o “alvo” do assassinato, os criminosos passaram, então, a atirar contra os participantes da festa, matando dois homens, duas mulheres e um garoto de apenas 3 anos de idade, filho de uma das jovens baleadas e executadas.

Os cinco mortos foram, posteriormente, identificados como: Herton Ricardo da Silva Menezes, 20 anos; Bruna Érika Viana de Sousa, 28 anos; o filho dela, Gabriel de Sousa Moura, 3 anos; Rafaela Alves Silvera, 19; e Marcilândio Cavalcante de Sousa, 28. Todos foram atingidos por tiros de pistolas de calibres Ponto 40 (.40) e 380, segundo atestou a Perícia Forense do Ceará (Pefoce).
(Blog do Jornalista Fernando Ribeiro)

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.