Ceará

Ceará começa mal, mas melhora no 2º tempo e empata com o Vila Nova fora de casa

O Ceará conheceu nesta terça-feira, 20, o seu terceiro empate em nove rodadas na Série B do Campeonato Brasileiro. Diante do Vila Nova, em Goiânia, o time saiu atrás do marcador, reagiu, foi melhor durante todo o encontro e empatou por 1 a 1. Assim, com 12 pontos ganhos em 27 disputados, o Alvinegro tem 44.4% de aproveitamento e ocupa a 12ª colocação na tabela. No próximo sábado, 24, já com Marcelo Chamusca no comando técnico, o Ceará recebe o Oeste, no Presidente Vargas.

A partida começou com as duas equipes muito preocupadas com a marcação. O panorama, entretanto, foi modificado aos 17 minutos, quando o Vila Nova abriu o placar, justamente na que seria a única finalização certa do primeiro tempo todo. Alan Mineiro recebeu de Alípio no meio-campo, ganhou de Richardson e de fora da área acertou belo chute, com efeito, para fazer 1 a 0.

Com a desvantagem o Ceará passou a ter grande domínio territorial e terminou o primeiro tempo com 61% de posse de bola. O time chegava muito pelo lado esquerdo, com Rafael Carioca e Romário, e também aproveitava tentativas pela direita com a velocidade de Roberto, mas faltava capacidade para entrar na área ou finalizar corretamente. O resultado foi o excesso de cruzamentos sem nenhum resultado prático: 26 apenas nos primeiros 45 minutos de jogo, além de sete chutes sem direção.

O segundo tempo começou com modificação no Ceará. O técnico interino, Daniel Azambuja, tirou Rafael Carioca e fez entrar Ricardinho. O Alvinegro seguiu pressionando em busca da igualdade, tanto que Pedro Ken e Arthur perderam chances claras para balançar as redes antes dos 10 minutos, desta vez em jogadas de infiltração que terminaram com finalizações de dentro da área.

De tanto insistir - e já com Felipe Menezes na vaga de Richardson - o Ceará, melhor em campo (foram 16 finalizações no total, contra seis do adversário), empatou. O zagueiro Rafael Pereira arriscou chute de longe e Guilherme desviou com a mão dentro da área. Pênalti que Roberto bateu com categoria para deixar 1 a 1 no marcador.

Incomodado com a igualdade, nos 20 minutos finais de jogo o Vila Nova - terceiro colocado na Série B - voltou a tentar o ataque. Como o Alvinegro também não recuou, a disputa ficou aberta e imprevisível, com as duas equipes tendo espaço para fazer o gol da vitória que, entretanto, não aconteceu.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.