Brasil

Deputados que vão decidir futuro de Michel Temer já foram citados em delação

Um quinto dos 66 titulares da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara foi ao menos mencionado nessas delações ou nas planilhas

Parte dos deputados que vão julgar a procedência da denúncia que a Procuradoria-Geral da República (PGR) deve apresentar nos próximos dias sobre o presidente Michel Temer, já foi no mínimo citada em planilhas de pagamentos ou nas delações da Odebrecht e da JBS, informa a edição deste domingo (25) da Folha de S. Paulo.

Segundo a reportagem, um quinto dos 66 titulares da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara foi ao menos mencionado nessas delações ou nas planilhas. Dos 14 congressistas do colegiado que aparecem nesse contexto, dois tiveram seus casos arquivados: Esperidião Amim (PP-SC) e Paulo Maluf (PMDB-RS).

Um dos cotados para assumir a relatoria da denúncia, Alceu Moreira (PMDB-RS), aparece na delação de Ricardo Saud, da JBS, como destinatário de R$ 200 mil em espécie na disputa eleitoral de 2014.

Constam como investigados a partir das delações da Odebrecht os deputados Daniel Vilela (PMDB-GO), José Carlos Aleluia (DEM-BA), Marco Maia (PT-RS), Jutahy Júnior (PSDB-BA) e Betinho Gomes (PSDB-PE). Todos negam irregularidades.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.