Ceará

Marcelo Chamusca estreia com missão de fazer Ceará voltar a vencer

Com o intuito de espantar qualquer sinal de crise, o Ceará volta a campo hoje, às 16h30min, no estádio Presidente Vargas, contra o Oeste-SP, em jogo válido pela 10ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Fazer as pazes com a vitória, que não vem há três jogos, é o resultado ideal para a estreia de Marcelo Chamusca no comando técnico do Vovô.

Um triunfo pode colocar o Alvinegro até no G4, já que a diferença para o Goiás, que entrou na rodada como 4º colocado, é de apenas dois pontos, o que restauraria por completo o clima de confiança em Porangabuçu, que viu até protesto do torcedor contra a diretoria durante a semana. Por essa mesma cobrança, porém, é necessário tomar todo o cuidado para evitar outro tropeço em casa.

MUDAR AOS POUCOS
A chegada em momento delicado do clube faz com que Chamusca não arrisque muito na estreia. O treinador vai manter a base do time que vinha sendo utilizado por Givanildo Oliveira, fazendo alterações pontuais apenas onde é realmente necessário.

Sem Romário, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, vai puxar Rafael Carioca para a lateral esquerda e na vaga que se abre no meio, colocar Ricardinho.

Magno Alves, poupado no jogo passado, deve voltar à condição de titular, o que também pode ser considerada uma alteração normal, já que ele não era opção para o jogo passado.

No papel, foi bem mais nítido o dedo do treinador no banco de reservas que no time titular. Enquanto Felipe Menezes e Alex Amado ficaram de fora da relação para o jogo, João Marcos, que não joga desde outubro do ano passado, e o meio Cafu, emprestado pelo Flamengo, são opções para o decorrer da partida.

Quanto à parte tática, dificilmente Chamusca manterá o esquema antes vigente %u2014 com um atacante centralizado e dois abertos nas pontas %u2014, mas a dúvida só será dissipada quando a bola rolar no gramado do PV, que não é o preferido dos atletas.

Com média de apenas um gol por jogo, o Ceará vai encarar um Oeste que está empatado com outros três clubes (Juventude, Parana e Paysandu) como a melhor defesa da Série B. São apenas cinco gols sofridos em nove rodadas. Em contrapartida, empata com o Paysandu, último time comandado por Chamusca, como pior ataque da competição, com apenas seis tentos anotados.

Vindo de cinco empates consecutivos, o time de Barueri (não mais de Itápolis) terá o retorno do meia-atacante Mazinho, uma das principais peças do time, liberado pelo departamento médico.

O histórico do confronto é equilibrado. São oito jogos entre Ceará e Oeste, com três vitórias para cada lado e dois empates.

Com o Vovô jogando de mandante, entretanto, a vantagem é cearense. Em quatro partidas, são três triunfos alvinegros, um empate e nenhum resultado positivo dos paulistas. Tudo que Marcelo Chamusca quer na estreia é reforçar a estatística.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.