Brasil

Reforma da Previdência vai prejudicar mais pobres, mulheres e negros

Uma análise feita por consultores legislativos do Senado aponta que alguns aspectos da reforma previdenciária apresentada pelo governo Temer terão impacto negativo no país, sobretudo na vida dos trabalhadores em situação precarizada, que possuem menor nível de escolaridade e de menores rendimentos, mulheres e negros.

Eles preveem, com isso, a exclusão de "altos patamares de exclusão previdenciária". A proposta da reforma está em tramitação na Câmara e deve chegar ao Senado no segundo semestre.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.