Brasil

Janot quer que Temer e aliados devolvam R$ 642 milhões

Além da devolução dos R$ 587 milhões que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirma terem sido o total de propina paga a Michel Temer, Geddel Vieira Lima, Eliseu Padilha e outros líderes do PMDB, o procurador-geral exige que o grupo pague uma multa de R$ 55 milhões a título de “reparação dos danos morais causados por suas condutas”.

“… a condenação dos acusados à reparação dos danos morais causados por suas condutas, nos termos do art. 387, IV, do Código de Processo Penal, fixando-se um valor mínimo equivalente ao montante cobrado a titulo de vantagem indevida no caso, no patamar de R$ 55 milhões, já que os prejuízos decorrentes da corrupção são difusos (lesões à ordem econômica, à administração da Justiça e à administração pública, inclusive à respeitabilidade do parlamento perante a sociedade brasileira), sendo dificilmente quantificados”, escreveu Janot.
(Da Veja Online)

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.