Brasil

Popularidade do governo Temer atinge novo recorde com apenas 3% de aprovação

Pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta quinta-feira (28) mostra que a avaliação do governo do presidente Michel Temer caiu para 3% em setembro. Em julho, esse índice era de 5%. A avaliação regular foi de 16% e, a ruim ou péssima, de 77%. A aprovação pessoal do presidente variou de 11% para 7% no mesmo período.

Os resultados representam um novo recorde de impopularidade. O presidente Michel Temer superou o recorde anterior, detido por ele próprio na pesquisa de julho. Segundo a pesquisa, 8% dos entrevistados consideram o governo Temer melhor que a administração da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), ante 11% apurados em julho. Para 31%, as duas gestões são iguais. E 59% consideram o governo Temer pior que o de Dilma. No levantamento anterior, 35% achavam que as duas administrações eram iguais e 52% preferiam o governo Dilma.

A pesquisa ouviu 2 mil pessoas em 126 municípios entre 15 e 20 de setembro. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.