Brasil

Do celular ao documento, veja as regras de segurança que você vai ter que seguir no Enem

O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) tem uma série de regras de segurança para evitar fraudes e outras ocorrências durante a sua aplicação. Por isso, o candidato precisa estar atento a todas elas, além de saber que desde o momento em que entrar no local de prova até sair dele, estará sendo acompanhado por policiais militares e submetido a equipamentos de segurança. 

Na edição deste ano, o Enem será aplicado em 12.416 locais em todo o Brasil. As regras valem para os dois dias em que acontecem as provas, marcadas para os dias 5 e 12 de novembro, e o candidato que não as seguir pode ser até eliminado. 

Quando chegar no local, o candidato não será revistado, mas haverá seguranças por todas as partes. Eles são representantes da Polícia Militar de cada Estado, em convênio com o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), que é a autarquia do Ministério da Educação responsável por realizar o Enem. 

Seguranças ficarão no portão acompanhando a entrada dos participantes e serão impiedosos com quem chegar depois das 13h (horário de Brasília), horário exato em que os portões serão fechados. Por isso, não se atrase!

Além disso, os banheiros de todos os locais de prova terão detectores de metais. Serão 67 mil ao todo, segundo o Inep. 

Pela primeira vez, o Enem também fará uso de um aparelho de contrainteligência, chamado Andre, que capta transmissões de dados por ponto eletrônico. Mas a quantidade de aparelhos disponíveis e onde eles serão utilizados ainda são mistério. Os detalhes sobre o seu uso não foram informados por uma "questão estratégica", segundo disse Eunice Santos, diretora de Gestão e Planejamento do Inep, durante a apresentação do novo aparelho, em setembro deste ano. 

O candidato também deverá ficar atento para não entrar nos locais de prova com algum dos itens proibidos, dispostos no edital do Enem 2017. Se ele entrar no local de prova com algum deles (boné, óculos escuros, celular, entre outros), vai ter que, na entrada da sala de aplicação, colocá-lo em um porta-objetos, que é lacrado e colocado abaixo da carteira do aluno. 

Atenção: se o Andre captar alguma onda, ou se os detectores de metais dos banheiros flagrarem qualquer equipamento eletrônico, o candidato será eliminado da prova. 

Na porta da sala, ele também vai ter que mostrar um documento de identificação válido e precisará se identificar novamente lá dentro. Os chefes das salas vão colher as impressões digitais de todos os candidatos antes da aplicação das provas. Ao todo, o Enem 2017 deve ter 6.731.203 participantes.

Terminou a prova? É ir direto para saída. Não vai ser permitido usar o banheiro, nem abrir o porta-objetos dentro do local, só lá fora.

Fique atento a todas as regras e faça uma boa prova!

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.