Brasil

Grazi Massafera assume que virou atriz por dinheiro e não por gostar do trabalho

Grazi Massafera afirmou que entrou para a carreira de atriz por dinheiro e não porque gostava do trabalho.

No entanto, a estrela – que acaba de estrear sua nona novela na Rede Globo, “O outro lado do Paraíso” – contou que com o tempo passou a amar seu trabalho.

“Antes, eu fazia por necessidade, porque eu não tinha profissão, e ser atriz era a profissão que tinha vindo para mim. Eu não amava o que eu fazia, estava fazendo por necessidade, dinheiro. Era mais sofrido ainda. A dedicação e o foco são os mesmo, mas o que vem acontecendo agora é que eu tenho encontrado mais prazer em trabalhar como atriz. Comecei por necessidade e fui me apaixonando aos poucos. Fiz o caminho inverso de quase todos os atores. Entrei para ganhar dinheiro, e a paixão veio acontecendo ao longo do caminho. Mas tudo que eu me proponho a fazer, eu me dedico. Sei que exige um respeito por aquilo que eu estou fazendo”, disse Grazi em entrevista à coluna Retratos da Vida.

Segundo a atriz, o ‘clique’ na profissão aconteceu depois que ela teve sua filha Sofia, de 5 anos.

“Tenho muita responsabilidade em tudo o que eu assumo. Então, não ia ser diferente com a profissão. Porém, eu venho encontrando o prazer em fazer a partir do momento que deu o clique, foi quando eu virei mãe. Foi fundamental para eu entender melhor a vida. Gerando uma vida eu entendi melhor a vida”, explicou Grazi.

Ainda segundo Grazi, ela também passou a gostar mais do trabalho depois de conhecer atores veteranos como Mariana Severo, Lima Duarte, Lauro Cardoso, Fernanda Montenegro, etc. “Fui encontrando atores no meio do caminho que eu fui admirando. Sou fã da Gloria Pires. Levei um susto no dia que ela me chamou pelo nome”, contou.

Para fazer a nova novela das 9, Grazi precisou abrir mão de suas férias, mas mesmo assim ela está feliz com o trabalho.

“Eu acho que não tenho esse fôlego de emendar uma novela na outra. Mas como é um momento especial, voltar a trabalhar com eles (Walcyr Carrasco e Mauro Mendonça Filho, autor e diretor de ‘Verdades secretas’), achei que valia a gratidão e o esforço físico. Mas eu estou bem cansada. São muitas horas de trabalho. É mexer muito com o psicológico. É você inventar uma pessoa, viver daquilo, acreditar naquilo”, finalizou.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.