Polícia

Bandidos aplicam golpes contra familiares de pacientes internados na Santa Casa de Misericórdia de Sobral

O familiar de um paciente que estava internado na Santa Casa de Sobral denuncia que recebeu a ligação de um homem se passado por médico da unidade. Segundo ele, o criminoso pediu R$ 2.100,00 para agilizar um tratamento, alegando burocracia no Sistema Único de Saúde (SUS). 

Uma das vítimas foi a comerciante Zuíla Muniz, que estava com um tio internado, e veio falecer no dia que recebeu a ligação. Estou com um tio na UTI da Santa Casa há duas semanas vítima de acidente. Hoje recebemos uma ligação, de número privado, informando que o caso dele havia se agravado e precisavam fazer um procedimento para que ele não viesse a morrer. Segundo a pessoa, que se identificava como Dr. Marcos, esse procedimento não era coberto pelo SUS de imediato. Portanto, teríamos que depositar na conta de uma médica, uma quantia de R$ 2.100,00 para que meu tio não viesse a morrer", comentou na rede social a vítima do golpe. A conversa foi grava e encaminhada para a Polícia Civil.

A Delegacia de Polícia Civil chegou a registrar um outro caso semelhante. Uma senhora do do município de Mucambo,  disse que estava com o filho internado, e recebeu a ligação dizendo que caso ela não fizesse um depósito de R$ 2.100, seu poderia morrer. Vendeu uma moto e depositou 2.100,00 na conta dos bandidos.

A direção da Santa Casa de Misericórdia de Sobral, alerta as pessoas que não faça nenhum depósito, em nome sem antes conversar a direção daquele hospital.
(Wilson Gomes)

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.