Ceará

Busca por triatleta desaparecido é reiniciada e ampliada até a Praia do Cumbuco, litoral oeste do Ceará

Genilson Lima, cearense de 48 anos, desapareceu durante a prova de natação do Ironman. Ele deveria ter concluído a prova marítima até às 7h25.

As buscas ao triatleta cearense desaparecido na manhã deste domingo (26), em Fortaleza, foram reiniciadas por volta das 6 horas desta segunda-feira (27). De acordo com o tenente-coronel Marcus Costa, da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), até as 18 horas um helicóptero sobrevoou a área, expandindo as buscas até a Praia do Icaraí, no litoral oeste do Estado.

Nesta segunda-feira, o perímetro foi ampliado até a Praia do Cumbuco, segundo informou o Corpo de Bombeiros. Apesar dos trabalahos, o atleta ainda não foi encontrado.

Além da aeronave do Ciopaer, o Corpo de Bombeiros vai utilizar dois botes e uma moto aquática nas buscas. “Ampliamos o perímetro de buscas já considerando a hipótese de afogamento. Neste caso, as correntes marítimas da área devem levar o corpo para as praias do litoral oeste, como Pecém e Cumbuco. Em caso de afogamento o corpo deve emergir já nesta segunda-feira, uma vez a correnteza estava muito forte neste domingo”, explica o tenente-coronel Marcus Costa.

Considerado atleta de elite, Genilson Lima, de 48 anos, desapareceu durante a prova de natação do Ironman, que começou as 6 horas de domingo. O triatleta deveria ter saído da água até 7h25, de acordo com os organizadores da competição. O chip de identificação do atleta não sinalizou a saída dele da água, além de a bicicleta não ter sido retirada na transição para o ciclismo, segunda etapa da prova. Era a quarta vez que Genilson participava do Ironman.

A primeira busca, das 9 às 11 horas, foi realizada pelo Ciopaer, Corpo de Bombeiros e Capitania dos Portos no trecho entre a Praia Formosa (local da largada), nas proximidades do hotel Marina Park, até a Barra do Ceará. Ainda durante a manhã foram feitas mais dois sobrevoos na área até as 13 horas. O último sobrevoo do dia foi concluído por volta das 18 horas de domingo.

Ironman
Na edição 2017 do Ironman em Fortaleza, a largada ocorreu por volta das 6 horas (horário de Fortaleza), para um percurso de 1,9 km de natação, seguido por 90 km de ciclismo e 21,1 km de corrida, em um percurso técnico, plano e rápido. Focado na faixa etária, o evento classificou 30 atletas para o Ironman 70.3 World Championship 2018, programado para Mandela Bay, na África do Sul.

No Ironman 70.3 Fortaleza, quinta e última etapa da série de provas do circuito no país, o paulista José Belarmino e a mineira Claudia Dumont foram os vencedores da disputa. Belarmino, que venceu no ano passado com distâncias full, agora foi o mais rápido no 70.3, ou seja, 1.9 km de natação, 90 km de ciclismo e 21,1 km de corrida, com o tempo de 4h12min44seg. Cláudia, por sua vez, completou o duro percurso com a marca de 4h43min23seg.

Ao todo, 1200 competidores, de 14 países, participaram do evento, consolidando Fortaleza nos calendários nacional e internacional. Focado na Faixa Etária, a prova deu 30 vagas para o Ironman 70.3 World Championship 2018, programado para Mandela Bay, na África do Sul.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.