Ceará

Ceará joga por uma vitória contra o Criciúma para subir

Neste sábado, 18, o coração do torcedor alvinegro baterá mais forte do que nunca, na expectativa do retorno do Ceará para a Série A do Brasileiro. São milhões deles em todo país que aguardam ansiosamente pela chance de ver o Vovô de volta à elite após seis anos de ausência. 

E depois de 36 rodadas da edição de 2017 da Série B, foram grandes momentos vividos pelo Alvinegro de Porangabuçu, que e a cada passo se aproxima do acesso, onde a maior oportunidade finalmente chegou: com uma simples vitória neste sábado às 18h30 (horário cearense), contra o Criciúma, fora de casa, no estádio Heriberto Hülse, em Santa Catarina, o clube e o torcedor soltarão o grito que está guardado e ansiosamente esperado.

O Vovô chegou ao privilegiado cenário de subir para a elite nacional com uma rodada de antecedência ao bater o Paysandu na rodada anterior por 2 a 0 no Castelão lotado, o deixando em 3º lugar com 63 pontos, cinco de vantagem para os seus dois principais perseguidores, Londrina e Oeste. 

Ou seja, com seis pontos apenas a disputar e cinco de vantagem para seus concorrentes, o acesso está na mão do Vovô. Acesso este que pode vir com empate ou até com derrota, caso seus concorrentes tropecem. Se Londrina ou Paraná perderem seus jogos, basta que o Alvinegro empate. 

Caso o Vovô perca, basta que Oeste e Londrina empatem seus jogos e este cenário permitirá que o Vovô comemore seu acesso sem entrar em campo, já os jogos de seus concorrentes já terão se encerrado. 

Coincidência 
Independente de como seja, o torcedor alvinegro quer mesmo repetir 2009 e comemorar um acesso que foi marcante também fora de casa e na penúltima rodada. Em 2009 o Alvinegro bateu a Ponte Preta por 2 a 1 e comemorou seu acesso que não vinha desde 1992.

Para dar mais confiança e esperança para a torcida alvinegra, o time de 2017 é um visitante ousado, conquistou 27 pontos nesta condição (tem 52% de aproveitamento) e que bateu oito adversários fora de casa, entre eles o poderoso Internacional. Mas como os últimos três pontos tendem a ser os mais difíceis por tudo que envolve a partida, os alvinegros não esperam uma conquista tão grande sem luta. 

"Todos nós no Ceará esperávamos por este momento, essa oportunidade de conquistar um acesso. É um jogo diferente, um acesso diferente, por ser para uma Série A e essa conquista é um sonho de todos nós e de nossa torcida. Claro que há ansiedade, jogar fora de casa com o Criciúma nunca é fácil, mas um acesso e uma conquista não viria fácil. A torcida pode esperar muita luta, muita entrega em busca do acesso", declarou o volante Richardson. 

O técnico Marcelo Chamusca, que pode coroar seu trabalho no Vovô neste sábado ao assumir a equipe na 10ª rodada, espera que o objetivo seja conquistado. 

"Desde que eu cheguei trabalho com este sonho do acesso mas pensando jogo a jogo. E nõs criamos esta possibilidade, pelo nosso trabalho, nossa performance. Se Deus nos permitir conquistar nosso acesso fora de casa contra o Criciúma será maravilhoso e temos trabalhado para isso. O grupo está muito concentrado, muito consciente do que precisa fazer e do momento especial que uma conquista como essa será em suas carreiras". 

Treino fechado 
No último treino antes do duelo na cidade de Nova Veneza, próxima a Criciúma, o técnico Marcelo Chamusca manteve sua metodologia de trabalho, fechando o treinamento para a imprensa nos primeiros 40 minutos, realizando um treino tático com a equipe que será titular. Sem o lateral-esquerdo Romário, contundido e o atacante Élton, suspenso ao ser expulso contra o Paysandu, o treinador confirmou apenas Rafael Carioca na lateral e manteve o mistério entre Magno Alves e Arthur na frente. Após a atividade ser liberada para a imprensa, o grupo fez um rachão em ritmo mais lento e um clima de descontração. "Esse grupo está muito unido pelo objetivo e apesar do foco na partida, nosso momento é especial e serão 90 minutos que podem nos dar o tão sonhado acesso", disse o treinador alvinegro. 

Grizzo define o Tigre para encarar o Vovô em casa
Já pensando na temporada 2018, pois está sem chances de acesso e livre do rebaixamento, o Criciúma está pronto para receber o Ceará. Na tarde dessa sexta-feira, em treinamento realizado no estádio Heriberto Hülse, local da partida, o time do Sul de Santa Catarina finalizou a preparação para a partida válida pela 37ª rodada da Série B. 

Com os retornos de Luiz e Lucão aos treinos com bola, o técnico interino Grizzo definiu a formação titular para o compromisso diante da sua torcida. Na atividade anterior, o goleiro e o atacante, respectivamente, ficaram no departamento médico por causa de dores musculares.

Grizzo mantem o discurso caseiro para o desafio deste sábado. "Disseram para trabalhar à vontade. Para mim é uma honra muito grande estar fazendo parte da comissão do Criciúma. Ser chamado para um momento assim é uma oportunidade, uma alegria. Estou muito animado, sei do meu lugar no clube, é um clube que está no meu coração", disse o treinador, que vai contar com a experiência de Luiz, Diego Giaretta, Raphael Silva e Alex Maranhão, além da juventude de Carlos Eduardo, Nino, João Henrique e Andrew.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.