Brasil

Dono de empresas de ônibus no Ceará é preso no Rio de Janeiro na Lava Jato

Jacob Barata Filho deve fazer delação premiada que inclui nomes de políticos e empresários cearenses

O empresário Jacob Barata Filho, dono de companhias de ônibus no Ceará e em outros estados brasileiros, foi preso, nesta terça-feira (14), no Rio de Janeiro. A Operação Cadeia Velha teve como objetivo cumprir dez mandados de prisão preventiva e temporária, busca e apreensão e condução coercitiva contra três deputados estaduais.

Segundo a Folha, os mandados foram autorizados pelo desembargador Abel Gomes, relator da Lava Jato no Tribunal Regional Federal do Rio. Eles têm como base a delação do doleiro Álvaro Novis, que declarou ter distribuído cerca de R$ 500 milhões entre 2011 e 2015 em propina para políticos a pedido de empresários de ônibus.

É sabido que no Ceará a relação de Jacob com empresários e políticos é intensa. Ao que tudo indica, em sua delação premiada – para tentar diminuir o peso da lei sobre si -, Barata deve elencar nomes de cearenses.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.