Ceará

Fortaleza enfrenta o Floresta de olho no título da Fares Lopes

Fortaleza enfrenta o Floresta de olho no título da Taça Fares Lopes e desejando a vaga para Copa do Brasil

Nada menos que 42 dias depois de chegar ao ápice dos objetivos traçados para a temporada de 2017, que foi confirmar o seu acesso à Série B do Campeonato Brasileiro, o Fortaleza se defronta neste sábado, às 16 horas, com outro desafio: vencer o Floresta, na Arena Castelão, na partida final da Taça Fares Lopes. 

Por ter melhor campanha, o time da Vila Manuel Sátiro joga por outro empate, visto que empatou em 1 a 1 no primeiro jogo da final da competição, no PV.

No início do torneio, o Leão do Pici utilizou, em sua maioria, um elenco próprio da Taça Fares Lopes, mesclando com alguns que não estavam sendo titulares na Série C ou haviam sido punidos com cartão. 

Desta feita, o técnico Daniel Frasson pediu socorro ao grupo que conseguiu a subida para a Série B, para que tentem um "novo acesso", desta feita a Copa do Brasil, competição importante pelo status, aspecto financeiro e calendário para o primeiro semestre de 2018. Só ganhando do Floresta nesse segundo jogo, o Leão poderá assegurar uma competição rentável para o primeiro semestre do ano que vem. 

Desafios 
O Leão do Pici se defronta com vários desafios para chegar à vitória, a começar pela necessidade de os jogadores retomarem o foco de competição, quando muitos já haviam se estruturado mentalmente para aproveitar as férias. E não só mentalmente, mas alguns tiveram que acelerar os treinos, pois haviam se desligado um pouco da rotina de treinos que havia na Série C. 

Além disso, o elenco está com vários atletas lesionados, como o zagueiro Adalberto, com estiramento muscular; os atacantes Paulo Sérgio e Lúcio Flávio. Afora esses, o zagueiro Del'Amore foi expulso no jogo anterior. 

Daniel Frasson deverá improvisar a defesa, embora não tenha confirmado nada. Isso porque, os jogadores que ele têm para escalar no setor são Ligger e Bruno Melo, que atuaria de quartozagueiro improvisado. 

"São dois canhotos e a gente precisa analisar bem. Temos também o zagueiro Guilherme, que é jovem e que vem crescendo nos últimos jogos. É uma decisão que iremos tomar minutos antes da partida", disse o treinador, já procurando fazer segredo sobre a provável escalação da equipe.

O Tricolor terá um reforço certo, que inclusive já esteve no banco de suplentes na partida passada: o meia Leandro Lima, que contribuiu decisivamente para o acesso do time à Série B. "O Leandro já esteve no banco no jogo anterior, mas como sentia um desconforto na coxa, não pôde ser utilizado, mas agora poderá nos ajudar", disse Frasson. 

Possivelmente, Leandro Lima substituirá Jô, que também se queixou de desconforto na parte posterior da coxa.

Com Lúcio Flávio ainda na dúvida se terá condições de entrar por conta de uma contusão no ombro esquerdo, o mais provável é que Leandro Cearense assuma a posição. O centroavante marcou o gol de empate da partida passada e se credenciou a jogar a partida final.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.