Esporte

Goleira americana acusa ex-presidente da Fifa de assédio sexual

A goleira da seleção de futebol feminino dos Estados Unidos, Hope Solo, acusou o ex-presidente da Fifa Joseph Blatter de ter assediado ela sexualmente durante a cerimônia da Bola de Ouro de 2013, na qual ela alega que o ex-dirigente apalpou suas nádegas.

Em entrevista divulgada nesta sexta-feira pela publicação semanal portuguesa “Expresso”, a goleira contou que Blatter apalpou suas nádegas antes de subir no palco para entregar um prêmio.

“Ele apertou minha bunda. Foi na entrega do Bola de Ouro há alguns anos, logo antes de subir ao palco. É algo que vem sendo normalizado”, afirmou Solo, que acrescentou que depois do incidente não voltou a se encontrar com Blatter e não pôde repreendê-lo.

Ao ser questionado pela “Expresso”, o porta-voz de Blatter disse que a acusação da jogadora é “ridícula”.

Na entrevista, Solo afirmou que está “muito decepcionada com as mulheres que não falaram sobre isto no mundo do esporte”, já que algumas das pessoas que cometeram esses abusos “ainda trabalham no futebol”.

“É importante que entendamos que isto não acontece só com os homens brancos poderosos. Pode acontecer com qualquer pessoa, entre mulheres, em qualquer lugar. Estamos concentrados nos homens brancos poderosos porque isto é provavelmente mais normal com eles, mas pode acontecer em qualquer lugar”, concluiu a goleira, que conquistou duas medalhas de ouro olímpicas e uma Copa do Mundo.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.