Brasil

Com chegada do Ceará, Série A do Brasileirão terá número recorde de times nordestinos

O futebol nordestino estará mais representado do que nunca na elite do Brasileirão no próximo ano. Pela 1ª vez na história, a Região terá quatro representantes na Série A em 2018: Ceará-CE, Sport-PE, Bahia-BA e Vitória-BA. Até hoje, o Nordeste só conseguiu reunir três times na 1ª Divisão do Brasileiro, em oito oportunidades: 2003, 2007, 2008, 2009, 2012, 2013, 2014 e 2017. 

Este ano, Vitória e Sport lutaram até a última rodada do Campeonato contra o rebaixamento. Mas, na última rodada, disputada neste domingo (3), o Sport fez sua parte ao vencer o Corinthians por 1x0, na Ilha do Retiro. Já o Vitória conseguiu se manter mesmo com a derrota por 2x1 para o Flamengo, no estádio Barradão. Acabou sobrando para o Coritiba e Avaí, que se juntam a Ponte Preta e Atlético-GO como times rebaixados para a Série B nacional.

Já o Bahia, o outro nordestino que disputou a Série A, se garantiu na elite do Brasileirão por antecedência e terminou o Campeonato na 13ª colocação. A novidade entre os representantes da região fica para o Ceará, que garantiu acesso para a o Brasileirão ao fechar a Segundona na 3ª colocação, regressando ao pelotão de elite dos times brasileiros após sete anos.

Na geografia do Brasileirão, duas regiões do País não contarão com representantes: Norte e Centro-Oeste, que perdeu o único representante que tinha, o Atlético-GO. A região Sul contará com 5 representantes. A recordista em participantes continua sendo o Sudeste, com 11 times.

Confira os 20 times que disputarão a Série A 2018 por Região:
Nordeste: Sport, Ceará, Bahia e Vitória (4)
Sudeste: Corinthians, São Paulo, Palmeiras, Santos, Flamengo, Fluminense, Vasco, Botafogo, Cruzeiro, Atlético-MG e América-MG (11)
Sul: Grêmio, Internacional, Chapecoense, Atlético-PR e Paraná (5) 
Centro-Oeste: -
Norte: -

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.