Ceará

Governo Federal libera R$ 30 milhões para a Saúde do Ceará

O Governo Federal liberou nesta quarta-feira (13), em solenidade realizada no Ministério da Saúde, mais R$ 30 milhões para o bloco da Média e Alta Complexidade (MAC) do Ceará. De acordo com o governador Camilo Santana, que participou do ato em Brasília, os recursos serão destinados para o custeio do Hospital Regional do Sertão Central (HRSC), em Quixeramobim. O presidente do Senado, Eunício Oliveira, e o ministro Ricardo Barros participaram do anúncio.

“Esses recursos, que somam R$ 30 milhões por ano, serão fundamentais para ajudar a colocar o Hospital de Quixeramobim para funcionar em toda sua totalidade e, com isso, beneficiar a população do Sertão Central do Estado. Será fundamental, inclusive, para desafogar a capital. Agradeço ao ministro e ao presidente do Senado pelo esforço em garantir esse dinheiro para a saúde do estado”, citou o governador Camilo Santana, que estava acompanhado do secretário da Saúde do Estado, Henrique Javi.

Segundo o secretário Henrique Javi, o Hospital Regional do Sertão Central funciona atualmente com 35% de sua capacidade. “Temos até o momento UTI adulta, cirurgia e clínica médica, e estamos implantando a unidade de AVC. Com a abertura total da unidade, vamos desconcentrar a saúde da Capital e conseguir mais atenção à população dos municípios do Sertão Central. Será um grande benefício para os moradores da região”, disse Javi.

“Esse ato (liberação de recursos) é de extrema importância para as pessoas mais pobres que temos obrigação de cuidar em todo o Ceará”, afirmou o presidente do Senado, Eunício Oliveira. “É uma conquista importante para que o Estado do Ceará possa estruturar o atendimento. A região de Quixeramobim, com mais esses avanços, poderá ter uma saúde melhor”, completou o ministro Ricardo Barros.

Média de Alta Complexidade
Atualmente, o Governo do Estado recebe R$ 444 milhões do Governo Federal para o bloco Média de Alta Complexidade (MAC). Com os recursos anunciados nesta quarta-feira, em Brasília, o MAC do Ceará passa para R$ 474 milhões por ano para o custeio das unidades de saúde.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.