Brasil

Dom Saburido crítica esvaziamento da Secretaria de Direitos Humanos

Dom Saburido crítica esvaziamento da Secretaria de Direitos Humanos.

O arcebispo de Olinda e Recife, Dom Antônio Fernando Saburido, ex-Bispo de Sobral, divulgou na terça-feira (2) uma nota pública em que critica a falta de "coerência" do presidente Michel Temer (MDB) em declarar Dom Helder Câmara como patrono brasileiro dos direitos humanos.

Para o arcebispo soa até como deboche, fazer essa referência a Dom Helder, ao mesmo tempo em que o governo de Michel Temer, corta direito e políticas sociais da população mais pobre e vulnerável.

Na nota pastoral, escreveu o arcebispo "O que significa essa medida vir de um governo que justamente esvaziou a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e comprometeu todo o trabalho que vinha sendo feito na luta contra todo tipo de discriminações? Como pensar em Direitos Humanos e relaxar as regras do controle ao trabalho escravo, assim como retirar direitos trabalhistas e da seguridade social." Questiona Dom Saburido. 

Por fim, conclama o povo brasileiro a seguir "a luta pacífica pela justiça e pela paz. Como fez Dom Helder Câmara, trabalharemos pelos Direitos Humanos a partir da defesa dos direitos dos pobres, dos trabalhadores, das minorias excluídas e de todo ser vivo." Conclui.

Confira a nota na integra (AQUI)

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.