Brasil

Para meteorologista inverno no Sertão deverá ser abaixo da média

A maioria das localidades do semiárido da Paraíba, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Ceará e porção central do Piauí terão chuvas variando entre a média, e valores abaixo da média em 2018, é o que afirma o físico, meteorologista e mestre em Meteorologia Rodrigo Cézar Limeira.

A La Niña permanece fraca, e com alta probabilidade de permanecer nesse patamar ao longo de todo o verão (janeiro, fevereiro e março) do hemisfério sul, pontua o pesquisador Rodrigo Cézar Limeira.

Quanto as condições do Oceano Atlântico Sul na altura da costa do Nordeste, estão desfavoráveis agora em janeiro, fato que deve dar continuidade à crise hídrica, na maioria dos grandes reservatórios do semiárido dos citados estados ao longo de todo o mês de janeiro.

No Oceano Atlântico Norte, houve considerável resfriamento nas duas últimas atualizações do Campo de Anomalias de TSM (Temperatura da Superfície do Mar) da NOAA.

O físico e meteorologista ainda pontua, que a maioria dos grandes reservatórios do semiárido dos citados estados, não terão boa recuperação em 2018, sendo necessária a conclusão ainda este ano das obras da transposição do São Francisco.

Dessa forma, o pesquisador prevê a continuidade da tendência de anos com precipitações variando de normais a abaixo da média, com alta irregularidade e má distribuição espacial das chuvas, no semiárido dos mencionados estados, e que vem sendo observada desde o corrente ano de 2012.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.