Brasil

Fred responde à CNRD e Atlético pode até impedir atacante de jogar

Advogado do centroavante pede afastamento de membro; Diretoria atleticana aguarda decisão da Câmara


O atacante Fred respondeu, no final de semana, a tutela de urgência feita pelo Atlético contra o centroavante pela assinatura  de contrato com o Cruzeiro. O advogado do atleta, Fernando Moura se manifestou na CNRD, reconhecendo a multa de R$ 10 milhões e pediu o afastamento de um dos membros da Câmara. 
A defesa de Fred aguarda a decisão da CNRD para saber quem será o relator do caso. A partir dai, o advogado terá um prazo para formalizar a sua resposta à Câmara Desportiva. Porém, o atleta reconheceu a necessidade de pagamento de R$ 10 milhões ao Galo.
Porém, o pedido inicial da defesa de Fred foi de afastamento do advogado Luiz Fernando Pimenta Ribeiro, que já foi gerente e diretor jurídico do Atlético, além de ter trabalhado em escritório do presidente atleticano Sérgio Sette Câmara. 
O departamento jurídico do Atlético-MG informou ter tido acesso ao teor da resposta na segunda-feira. Segundo o clube, o atleta "celebrou distrato que antecipou a rescisão, que era 31 de dezembro, com multa prevista de R$ 100 milhões e que reduziu pra R$ 10 milhões, em comum acordo".
"Estamos tratando com o sigilo, pois não podemos externar o que foi respondido pelo Fred. Por isso não podemos falar do teor da defesa que ele apresentou. Mas, é uma ação que segue normalmente com tudo sendo feito dentro das regulamentações", afirmou o vice-presidente atleticano Lásaro Cândido da Cunha ao Super FC
Porém, o que mais chama atenção do processo é o fato do Atlético poder impedir Fred de entrar em campo pelo Cruzeiro. O pedido de tutela de urgência feito pelo Galo pode ser acatado pelo presidente da CNRD, Vitor Butruce. O clube espera uma resposta, que pode demorar até dois meses para acontecer.
Caso a resposta seja à favor do Galo, o Atlético pode, através do pedido de tutela, suspender o registro de Fred no BID. Desta forma, o centroavante ficaria impossibilitado de atuar pelo Cruzeiro.
"O jogador ser impedido de entrar em campo é sim um dos pedidos do Atlético, já que essa é também uma das punições que constam no regulamento da CNRD", acrescentou o vice-presidente atleticano.
Procurado pela reportagem, o diretor do departamento jurídico do Cruzeiro, Fabiano Oliveira Costa, não se mostrou preocupado com a possibilidade de impedimento de Fred em jogar. O advogado não crê que a CNRD aceite o pedido de exclusão contratual do centroavante.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.