Brasil

CBF nega pedido do Cruzeiro para árbitro de vídeo na final do Mineiro

O Cruzeiro já faz pressão na arbitragem para a final do Campeonato Mineiro. Os dois jogos serão disputados nos dois próximos domingos, o primeiro no Independência e a segunda no Mineirão. A Raposa pediu árbitro de vídeo e foi negado.
A Confederação Brasileira de Futebol (CBF), negou o pedido feito pela diretoria do Cruzeiro. Segundo Giuliano Bozzano, Presidente da Comissão de Arbitragem da Federação Mineira de Futebol, a solicitação foi feita em cima da hora.
“Não é possível atender à solicitação de utilização do VAR nas partidas solicitadas, em razão de que o pedido deveria ter sido enviado ao Instituto de Assistência ao Futebol Brasileiro (IFAB) com bastante antecedência, para que pudesse haver análise do pleito”, destacou Bozzano.
A Federação Mineira, no entanto, não disse qual seria o tempo determinado para fazer o pedido. O Cruzeiro fez o pedido para dar “mais tranquilidade a partida”. Já o Atlético não quis comentar sobre a arbitragem, nem mesmo sobre o nome de Dewson Freitas – que já foi criticado pelo clube em outro momento.
O Atlético já esteve envolvido em uma grande polêmica com a arbitragem. Isso aconteceu nas semifinais do Campeonato Mineiro, quando o América reclamou bastante de lances difíceis para os árbitros – todos, inclusive, com dificuldades para a analise com o recurso da televisão.
Na ocasião, inclusive, dirigentes do América insinuaram favorecimento ao Atlético-MG, algo que foi combatido pelo Presidente do clube Sérgio Sette Câmara. O mandatário alvinegro disse que vai acionar os cartolas do Coelho na justiça para pedir explicações.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.