Brasil

Com remanescentes de 2014, Brasil revê Alemanha em último teste

Às 15h45 (de Brasília) desta terça-feira, no Estádio Olímpico de Berlim, a Seleção Brasileira encontra a Alemanha pela primeira vez desde a humilhante goleada por 7 a 1 pela semifinal da Copa 2014. Com seis remanescentes do massacre, o amistoso é o último antes da definição da lista de Tite para o Mundial da Rússia.
O lateral direito Daniel Alves, o zagueiro Thiago Silva, o lateral esquerdo Marcelo, os volantes Paulinho e Fernandinho e o atacante Willian, todos remanescentes da Copa do Mundo 2014, serão titulares no reencontro com a Alemanha. Daniel Alves (reserva) e Thiago Silva (suspenso) não entraram em campo no Mineirão.
O confronto com a Alemanha é a última chance de Tite para fazer observações antes da convocação definitiva para a Copa do Mundo 2018. No começo de junho, com o grupo de 23 atletas já escolhido, a Seleção Brasileira enfrenta Croácia e Áustria.
“Imagina se eu estivesse respondendo tudo isso antes de um jogo de Mundial”, disse Tite, valorizando a chance de encarar a Alemanha antes da Copa. “Carregamos um fantasminha pelo resultado de 7 a 1. Ele está aqui todos os dias, lembrando. Agora, temos a condição de passar mais uma etapa”, completou o técnico.
Para fortalecer o meio de campo, o volante Fernandinho entra no lugar do atacante Douglas Costa, com Philippe Coutinho aberto pelo lado esquerdo do ataque. Thiago Silva segue no lugar de Marquinhos, enquanto Neymar, em recuperação de lesão, está fora.
Do lado alemão, embora considere o amistoso contra o Brasil um teste valioso para sua equipe, o técnico Joachim Low não mandará a campo os principais jogadores. Além de liberar Muller, Ozil e Can por questões físicas, ele pretende experimentar os goleiros Trapp e Leno no lugar de Ter Stegen. Khedira também pode ser poupado.
“(O 7 a 1) é mais importante para o povo do que para nós. É claro que foi um grande jogo, mas apenas um passo para ganhar a Copa. No dia seguinte, já tiramos isso da cabeça e ficamos 100% concentrados na final do campeonato”, recordou Joachim Low.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.