Brasil

Governador Camilo Santana é agraciado com a maior comenda da Educação brasileira

O governador do Ceará, Camilo Santana, foi agraciado nesta quarta-feira (7), no Palácio do Planalto, em Brasília, com a Medalha da Ordem Nacional do Mérito Educativo, maior comenda da Educação brasileira. A honraria tem por finalidade premiar personalidades nacionais e estrangeiras que tenham se distinguido por excepcionais serviços prestados à Educação.

“Recebi essa homenagem com muita alegria e gostaria de dividi-la com cada aluno e suas famílias, com cada professor, diretor e colaborador das escolas públicas do Ceará. Esse reconhecimento é para cada um de vocês, que têm transformado a educação do nosso estado na melhor do Brasil. Não poderia esquecer jamais daqueles que começaram esse trabalho lá atrás, ainda em 2006: o governador Cid Gomes, minha vice-governadora Izolda Cela, meu secretário Idilvan Alencar, e tantos outros da Secretaria da Educação do Estado, além da importante parceria dos nossos prefeitos. Essa honraria só aumenta nossa responsabilidade de continuar trabalhando noite e dia para a nossa educação, caminho único para transformar o Ceará num estado cada vez mais justo e mais desenvolvido”, disse Camilo ao receber a medalha do presidente da República, Michel Temer; do ministro da Educação, Mendonça Filho; e do presidente do Senado, Eunício Oliveira.

Durante a solenidade, o chefe do Executivo fez questão de convidar para receber a comenda com ele os alunos Natália Lídia, de Russas, Cícero Gabriel dos Santos, de Nova Olinda, e Rávilla da Silva, de Fortaleza, todos de escolas públicas do Estado, além da vice-governadora Izolda Cela.

O ministro da Educação elogiou o exercício feito pelo Governo do Ceará na área. “Acompanhei o trabalho do governador Camilo Santana no Ceará, de onde vêm as mais belas lições no campo da alfabetização, que compreende o significado da educação. É quando se percebe o quanto é importante o estímulo da primeira infância, momentos decisivos que podem comprometer ou diferenciar o desenvolvimento emocional de um cidadão. No Ceará, há iniciativas muito exitosas, que estimulam um desempenho notável nessa etapa decisiva na vida de uma criança. Uma criança alfabetizada tem por certo amplitude no sentido de crescimento”, disse Mendonça Filho.

O secretário da Educação do Ceará, Idilvan Alencar, também foi homenageado pelo trabalho como presidente do Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed). “Estamos aqui em Brasília com alunos, professores, diretores e coordenadores representando todos os atores da educação do Ceará. Essa homenagem é fruto do trabalho de várias mãos. A educação do Ceará está num momento muito importante, com bons resultados, tanto na alfabetização como no Ensino Médio e na aprovação no Enem. Temos muitos desafios, mas também temos orgulho e honra”, afirmou.



Alfabetização

No último Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), das 100 melhores escolas públicas do Brasil, 77 são do Estado do Ceará, incluindo as 24 primeiras.

O Estado lançou em 2007 o Programa de Aprendizagem na Idade Certa, numa pactuação com os municípios. Em dez anos, o índice de alunos alfabetizados na idade certa subiu de 30% para 90%.
Tempo integral

O Governo do Ceará, por meio da Seduc, iniciou, em 2016, o projeto-piloto para a implantação do tempo integral em 26 escolas estaduais de ensino regular. Em 2017, outras 45 escolas passaram a integrar o Programa de Ensino Médio em Tempo Integral. Em 2018, uma em cada três escolas funcionará em tempo integral no Ceará.



Rede de escolas profissionais
A rede de escolas profissionais oferta 53 cursos técnicos para 91 municípios cearenses na Capital e no Interior, com o atendimento de 50 mil jovens. No último ano, o Governo do Ceará propicia o estágio curricular obrigatório e remunerado para os alunos.

Ao todo, 4,5 mil empresas são parceiras nos programas de promoção de estágio profissional com o atendimento de 15 mil estudantes. A empregabilidade dos alunos dessas escolas e o ingresso nas Universidades é de 60,8% .

Valorização dos professores
No ano passado, o Governo do Ceará concedeu reajuste das gratificações educacionais especializadas e por efetiva regência de classe aos professores ativos e inativos da rede pública estadual de ensino. Também foi atualizada a Parcela Variável da Redistribuição do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (PVR/Fundeb) para professores temporários. Com esta medida, o ganho remuneratório cobre em 7,64% o índice da inflação acumulada no período.

Por meio da Secretaria da Educação (Seduc) lançou em 2017 editais, em parcerias com instituições de Ensino Superior, para ofertar vagas de mestrados aos professores da rede estadual.

A rede estadual reúne mais de 13 mil professores efetivos em atividade.

Centro de idiomas

O Governo do Ceará inaugurou, na última sexta-feira (2), os primeiros Centros Cearenses de Idiomas (CCI). A iniciativa oferta a alunos matriculados na rede pública estadual o ensino gratuito de inglês e espanhol. Ao todo, 11 CCIs serão entregues pelo Executivo em todo o Estado até abril.

No Ceará, 9.400 vagas estarão à disposição dos alunos da rede pública para estudar nos CICs. Em Fortaleza, cada unidade poderá receber até 600 alunos. Nos municípios de Crateús, Caucaia, Itapipoca e Iguatu poderão ser matriculados até 1.050 alunos em cada centro. O Centro de Juazeiro do Norte atenderá 1.750 alunos.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.