Ceará

Polícia prende mais dois suspeitos de torturar e executar três mulheres em mangue no Ceará

Dois homens foram presos na sexta-feira, 9, suspeitos de participar da execução de três mulheres no mangue do Rio Ceará, na Caucaia. Com eles, sobe para cinco o número de envolvidos no caso. Os suspeitos foram identificados como Bruno Araújo de Oliveira, de 23 anos, e Júlio César Clemente da Silva, de 28.
Segundo a Polícia, após a prisão, Bruno mostrou onde os corpos foram enterrados. No local, os agentes encontraram peças de roupas e pedaços de madeira que teriam sido usados para agredir as vítimas.
Investigações dão conta que as partes do objeto foram enterradas com os corpos das mulheres. Operação foi realizada pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) por meio da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
Os suspeitos responderão por homicídio qualificado, tortura, ocultação de cadáver e formação de quadrilha. A Polícia investiga se a motivação do crime teria relação com conflito entre facções, já que as vítimas moravam em bairros dominados por um grupo rival na qual os criminosos pertencem.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.