Mundo

Professora é presa após engravidar de aluno de 14 anos

Laura Lynn Cross tem 37 anos, é professora e acabou tendo um envolvimento amoroso com um de seus alunos. O garoto tem 14 anos e foi seduzido por quem deveria cuidar de seu aprendizado. Do relacionamento, a professora acabou engravidando do adolescente e o filho nasceu no final do ano passado. Ela bem que tentou manter tudo escondido, sem que ninguém soubesse, mas os pais do jovem foram alertados através de uma denúncia anônima.
A professora começou a se relacionar com o aluno quando os pais dele estavam em processo de divórcio. O adolescente ficou muito abalado e acabou aceitando o convite da professora de ir para a casa dela aproveitar a piscina. No primeiro dia não houve nada, eles ficaram apenas conversando e ela disse para o aluno procurar se divertir e tentar esquecer os problemas com os pais. Laura convidou o jovem outras vezes e os encontros se tornaram cada vez mais frequentes, até que ela pediu para ele dormir lá, na casa dela e o garoto concordou.
O relacionamento entre professora e aluno durou cerca de 3 anos e ela conseguiu convencer a mãe do jovem a deixar o filho morar com ela, pelo menos por um período. O pai ficou sabendo da história, questionou a proposta da professora, mas Laura disse que seria para o bem dele, para que pudesse enfrentar aquela turbulência toda do divórcio podendo contar com um apoio extra e ficando longe de casa.
Depois de um tempo, a mãe do garoto mudou de ideia e não concordou mais em ver o filho morando com a professora. A mãe chegou até chegou a denunciá-lo, mas o adolescente não queria sair da casa de Laura. Passado mais algum tempo, todos ficaram sabendo que Laura tinha engravidado do rapaz e que o bebê havia nascido em dezembro de 2017. A polícia então resolveu agir e a mulher foi presa. Agora ela espera por julgamento na corte de Ohio, Estados Unidos, e se for condenada poderá pegar até 15 anos de prisão.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.