Esporte

Brasil joga bem e vence Chile com facilidade pela Copa América

Nesta segunda-feira, no Estádio La Portada, Brasil e Chile se enfrentaram pela Copa América de Futebol Feminino. A Seleção não teve dificuldades, e conseguiu vencer por 3 a 1, gols anotados por Mônica, Bia e Thiasinha; López descontou para as donas da casa. Após um primeiro tempo intenso em que marcou três gols, as brasileiras tiraram o pé, sofreram um gol, mas nada que alterasse o cenário do jogo, sempre controlado pelo time comandado pelo técnico Vadão.
O próximo jogo da Seleção comandada por Vadão pegará a Argentina às 19h00 (horário de Brasílai), no Estádio La Portada, no Chile.
O jogo – O Brasil começou tomando a iniciativa da partida, com uma escalação bastante ofensiva. Mesmo jogando em casa, as chilenas optavam, por sair nos contra-ataques, e se fechavam bem no início do jogo.
A equipe canarinha seguia tocando muito bem a bola, mas com dificuldades para criar grandes oportunidades de gol. Os mandantes por sua vez, marcavam muito bem a saída de bola. Mas faltava calma à equipe amarela, pois queria resolver as jogadas rapidamente.
O primeiro bom momento do Brasil foi aos 19 minutos. Já que não conseguia penetrar na defesa chilena, Rafaelle fez boa tabela com Formiga e arriscou de longe, acertando o travessão. Dois minutos depois, a Seleção Brasileira abriu o placar, Marta cobrou falta, e após cabeçada na trave, a zagueira Mônica pegou o rebote e abriu o placar, explorando o ponto fraco das adversárias.
Percebendo a fragilidade do Chile na bola aérea, o Brasil explorou o setor, após outro cruzamento na área, Bia cabeceou com tranquilidade e ampliou o marcador. Os tentos deram tranquilidade, e depois de boa jogada individual de Marta pela esquerda e cruzamento perfeito, Thaisinha só empurrou para a rede, 3 a 0 fácil.
Na etapa final, as chilenas voltaram melhor, mas só conseguiam por meio de finalizações de longa distância, até que finalmente, López acertou um torpedo aos 17 minutos. A tônica da partida seguia com a Seleção Brasileira tirando o pé, enquanto o Chile tentava reação, mas nada que impedisse a vitória parcial.
Com as boas alterações de Vadão, o time melhorou um pouco e passou a controlar um pouco mais a partida. Além disso, a equipe da casa cansava, se mostrava esgotada, assim, o Brasil era muito superior, e conseguiu ganhar a partida por 3 a 1.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.