Ceará

Polícia prende facção criminosa que se preparava para atacar grupo rival em Fortaleza

Polícia Civil prendeu no domingo (22) quatro homens suspeitos de integrar uma facção criminosa que se preparava para cometer um ataque contra membros de um grupo rival no Bairro Serrinha, em Fortaleza. Com a quadrilha, a polícia apreendeu oito armas de fogo, drogas, munição e uma bomba de fabricação caseira.
De acordo com o titular da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), delegado Harley Filho, os homens estavam escondidos em uma residência, organizando como cometeriam o ataque. A polícia estava investigando os suspeitos, inicialmente, após os ataques a ônibus e prédios públicos em Fortaleza.
Após a prisão, os próprios integrantes confessaram aos policiais que iriam atacar uma facção rival por motivos de vingança. O delegado afirmou que a polícia pode ter evitado uma nova chacina na capital.
Investigação
Conforme as investigações, os presos já respondiam por tráficos de drogas, homicídios, roubo, estupro e outros crimes. No local onde os suspeitos estavam, os policiais civis apreenderam três pistolas, três revólveres e duas espingardas, além de drogas, garrafas de gasolina, balaclavas e mais de 200 munições de diversos calibres.
A Polícia Civil informou que segue com as investigações para identificar se o grupo está envolvido em algum dos recentes ataques criminosos em Fortaleza.
Os presos foram conduzidos à Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas, onde foram autuados por porte ilegal de arma de fogo, tráfico e associação para o tráfico de drogas e integraram organização criminosa.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.