Brasil

Sérgio Machado tem 20 milhões de dólares bloqueados em conta na Suíça

O ex-presidente da Transpetro, o cearense Sérgio Machado, teve 20 milhões de dólares bloqueados de uma conta que mantinha na Suíça ontem (3). A cifra corresponde a cerca de R$ 66 milhões. Segundo apurou o Blog do Josias, o montante estava depositado em nome de Fides Trustees, empresa controlada por Machado e três filhos: Expedito Machado de Ponte Neto, Daniel Firmeza Machado e Sérgio Firmeza Machado.
Como o dinheiro foi bloqueado
Deve-se a providência a um pedido da procuradora-geral da República, Raquel Dodge. Foi deferido pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal. O contato com as autoridades suíças foi feito pelo Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional, órgão que pende do organograma do Ministério da Justiça.
Entenda
Sérgio Machado fez delação premiada na Lava Jato, homologada pelo Supremo em maio de 2016 . Nela, o cearense foi temerário e contou os podres de um monte de políticos. Feriu de morte a cúpula do então PMDB, incluindo Michel Temer.
Em tempo
Machado comprometera-se a devolver R$ 75 milhões. Os recursos que acabam de ser bloqueados não têm nada a ver com essa cifra. Referem-se a uma novidade inserida nos processos de delação por Raquel Dodge: a reparação de danos causados pelos corruptos ao erário.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.