Brasil

Fortaleza vence Figueira em reencontro de tricolores e mantém liderança

O reencontro entre Milton Cruz, Denis e Rogério Ceni foi melhor para o ex-goleiro e ídolo máximo do São Paulo. Nesta sexta-feira, o Fortaleza visitou o Figueirense no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, e mesmo saindo atrás no placar mostrou por que é o atual líder da Série B, virando a partida e garantindo a quinta vitória em seis jogos na competição, desta vez por 3 a 1. Os gols do Leão do Pici foram marcados por Bruno Melo, Edinho e Gustagol. Gustavo Ferrareis balançou as redes para os donos da casa.
Com o resultado, o Fortaleza foi a 16 pontos e se isolou na liderança da Segundona. O Vila Nova-MG, segundo colocado, no entanto, entra em campo neste sábado, contra o Oeste, fora de casa, e pode igualar o time comandado por Rogério Ceni em número de pontos.
O Figueirense, por sua vez, perdeu a grande oportunidade de entrar no grupo dos quatro primeiros colocados que garantem o acesso à elite do futebol nacional na próxima temporada. Se mantendo com nove pontos na tabela, o time catarinense tentará recuperar o prejuízo na próxima rodada, quando visita o CSA-AL, no estádio Rei Pelé.
O jogo – O primeiro tempo foi bastante agitado no Orlando Scarpelli. Logo aos sete minutos os donos da casa deram seu cartão de visita ao Fortaleza de Rogério Ceni abrindo o placar. Diego Renan cruzou, a zaga do Fortaleza tentou afastar, mas acabou deixando a bola sobrar nos pés de Gustavo Ferrareis, que dominou e bateu no ângulo, sem chances para o goleiro Marcelo Boeck, que só acompanhou.
O Fortaleza respondeu pouco depois com Gustagol. O atacante, no entanto, viu Denis fazer uma defesa à queima-roupa. No minuto seguinte, aos dez minutos, a história foi diferente, e o Leão do Pici foi mais feliz. Após cobrança de escanteio, a zaga do Figueirense não conseguiu mandar para longe, os visitantes ficaram com o rebote, e Bruno Melo completou para as redes, deixando tudo igual.
Inspirados com o empate, os jogadores do Fortaleza ainda tiveram fôlego para virar aos 17 minutos com Edinho, que soltou uma pancada de muito longe e viu a bola morrer no fundo das redes, no canto direito do goleiro rival.
Antes do apito final, o Figueirense ainda teve a oportunidade de ir para o intervalo com o empate. Aos 34 minutos, a bola parou nos pés de Nogueira, que bateu de primeira para o gol, forçando excelente defesa de Marcelo Boeck. Depois, aos 38, foi a vez de Maikon Leite fazer jogada individual, driblar dois marcadores e bater de bico, tirando tinta da trave adversária.
No segundo tempo o Figueirense voltou a campo determinado a correr atrás do prejuízo. Embora tenha tido um bom desempenho na etapa inicial, o time da casa sabia da importância da vitória ou ao menos um empate contra o líder do campeonato. Desta maneira, a equipe comandada por Milton Cruz partiu para cima e pressionou os rivais, que se seguraram na defesa e passaram a apostar no contra-ataque como forma de matar o jogo.
Mesmo o Figueirense exercendo forte pressão sobre os adversários, foi o Fortaleza quem foi às redes no segundo tempo e acabou garantindo a vitória em Florianópolis. Aos 26 minutos, Gustavo Henrique, sempre ele, aproveitou o rebote do fraco chute de Dodô e estufou as redes depois de Denis espalmar, somando seu quarto gol na Série B e fechando a conta para o Leão do Pici, cada vez mais líder da Segundona.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.