Mundo

Nicolás Maduro é reeleito presidente da Venezuela

O presidente Nicolás Maduro venceu novamente as eleições presidenciais da Venezuela deste domingo (20) com 5,8 milhões de votos.
"Com 92,6% dos votos contados e 46,01% de participação, podemos dizer que Nicolás Maduro obteve 5.823.718 votos, Henri Falcón obteve 1.820.552 votos e Javier Bertucci 952.000 votos", disse o presidente do Conselho Nacional Eleitoral (CNE), Tibisay Lucena.
Em seu discurso, Maduro prometeu trabalhar para recuperar a economia.
"O quanto eles me subestimaram e aqui estamos", disse Maduro a milhares de partidários do palácio presidencial. "Temos dois anos livres de eleições para nos dedicarmos a trabalhar pela economia."
Mais cedo, o candidato presidencial venezuelano de oposição Henri Falcón anunciou que não reconhece a legitimidade das eleições porque o governo cometeu irregularidades sérias.
"O acordo de garantia eleitoral foi violado e, nesse caso, o processo tem sérias questões de nossa parte e, sem dúvida, não tem legitimidade", disse Falcon em entrevista coletiva.
Falcón afirmou que "para nós [oposição] não houve eleições e exigimos que haja eleições livres e transparentes".
Nicolás Maduro respondeu Henri Falcón e acusou seu adversário de desrespeitar o povo por ter denunciado a ilegitimidade das eleições.
"Nunca se viu na vida que um candidato não reconhece os resultados antes que os resultados sejam dados (…) o povo da Venezuela deve ser respeitado", disse Maduro.
O índice de participação popular nas eleições deste ano foi de 46,01%.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.