Ceará

Primeira-dama de Uruburetama vai para 2ª instância e deve pegar 19 anos de cadeia

Graça Paiva já foi condenada em 1ª instância por apropriação indébita previdenciária, dispensa de licitação fora do que é previsto por lei e apropriação de coisa alheia móvel. Todas essas falcatruas ela fez quando foi prefeita
A primeira-dama de Uruburetama, Graça Paiva, será julgada em segunda instância no Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE) no dia 29 deste mês. Ela deve pegar 19 anos de cadeia. O desembargador Antônio Pádua finalizou o relatório e preparou o voto, encaminhando-0 para a revisora, a juíza Graça Almeida de Quental.
Graça Paiva foi condenada em primeira instância por um rosário de crimes: apropriação indébita previdenciária, dispensa de licitação fora do que é previsto por lei e apropriação de coisa alheia móvel. Todas essas falcatruas ela fez quando foi prefeita de Uruburetama.
Em tempo
Agora, quem administra o Município é médico ginecologista Hilson Paiva, esposo de Graça, acusado de assédio sexual e estupro por pacientes.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.