Brasil

PRTB poderá lançar o General Mourão como candidato a presidente da República

O general da reserva Antonio Hamilton Mourão filiou-se ao PRTB (Partido Renovador Trabalhista Brasileiro) e pode ser candidato da legenda ao Palácio do Planalto. A sigla tem como tradicional postulante à Presidência da República Levy Fidélix.
Recentemente, Fidélix tem tentado mudar um pouco sua imagem, chegando a produzir algumas peças de campanha em que é chamado de “bigodão”. Mas ele já disse que poderá abrir mão da candidatura para dar espaço ao general. “O Brasil só tem uma solução: general Mourão, presidente urgente!”, afirmou Fidélix em uma rede social em setembro de 2017.
Mourão filiou-se no início de abril ao partido, poucos dias antes do prazo legal para a disputa da eleição deste ano, mas o fato só foi divulgado agora. Procurados, Fidélix e o general não se manifestaram sobre a eleição.
SAIBA MAIS
O militar ganhou notoriedade no ano de 2015 durante as crises políticas do mandato da Presidente Dilma Rousseff, quando foi transferido do Comando Militar do Sul (CMS) para a Secretaria de Economia e Finanças, no Distrito Federal, em virtude de declarações realizadas em palestra que tratava sobre o contexto político da época.
Em pronunciamento público em Loja Maçônica Grande Oriente em setembro de 2017, no Distrito Federal, afirmou que entre os deveres do Exército Brasileiro está a garantia do funcionamento das instituições e da lei e da ordem, e que se o judiciário não fosse capaz de sanar a política existente no país isso seria imposto pelo exército por meio de uma intervenção militar, que na visão dele estaria prevista na Constituição Federal de 1988.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.