Ceará

R$ 50 milhões para quem acabar com a evaporação nos açudes

João Pratagil, engenheiro agrônomo e pesquisador da Embrapa Agroindústria Tropical, com sede em Fortaleza, e Tom Prado, empresário da fruticultura – CEO da Itaueira Agropecuária, estão sugerindo ao Governo do Ceará que ofereça um prêmio – que pode ser de R$ 50 milhões – para quem, cientista ou não, inventar uma maneira de impedir a evaporação nos grandes açudes do Estado.
Hoje, por causa dessa evaporação, são perdidos 50% da água dos reservatórios cearenses.
Sem a evaporação, haveria um aumento de 50% na oferta de água para a população, para o rebanho animal e para a agricultura irrigada, como explicam Pratagil e Prado.
Os dois argumentam que esse prêmio atrairia para o Ceará a atenção da comunidade científica mundial.
Se viesse a adotar a iniciativa, o Governo do Ceará daria um exemplo para o mundo de como investir na promoção da inovação tecnológica.
O valor do prêmio, qualquer que ele seja, será insignificante diante dos extraordinários resultados que ele geraria.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.