Brasil

Whindersson Nunes levanta a bandeira a favor do feminismo e enaltece luta das mulheres

Neste domingo, 06 de maio, Whindersson Nunes resolveu movimentar sua conta no Twitter ao se pronunciar sobre uma crítica que teriam feito direcionada à modelo Flavia Pavanelli, namorada do funkeiro Kevinho. O assunto, no entanto, acabou rendendo bastante e gerou muitos comentários.
“Até tentam se unir, mas não perdem a oportunidade de criticar umas às outras”, disparou o comediante. Após isso, os internautas começaram a elogiar a atitude do youtuber, afirmando que o marido de Luisa Sonza, com quem se casou no mês de fevereiro, estava dando uma verdadeira aula de feminismo.
Após ser criticado por sua atitude, Whindersson tentou se explicar e teceu diversos elogios para sua esposa. “Eu era um cara da igreja, tbm era preconceituoso, hoje eu ainda amo Deus a igreja e destrui meus preconceitos, me sinto melhor. Eu não sou feminista (nem posso), mas aprendi algumas coisas com o feminismo”, iniciou o humorista.
“Ex: eu não entendia pq minha mulher ficava tão puta de raiva quando ela pedia a conta no restaurante e o garçom sempre entregava pra mim. Depois eu pensei “mas é verdade, se ela pede pq entregam a mim? E CONVERSANDO com ela eu entendi por que ela ficava mal com a situação. CONVERSANDO com ela eu pude compreender uma coisa que pra mim era normal. E eu gosto das coisas que minha mulher me ensina, meu filhos vão crescer mais educados e entendendo sobre as coisas”, finalizou Whindersson Nunes.
WHINDERSSON NUNES AJUDA FÃ COM PARALISIA CEREBRAL
Whindersson Nunes, que recentemente recusou um convite da Globo, acaba de se envolver em uma polêmica. Ele se comoveu com o comentário do estudante André Nunes Nachtigall, diagnosticado com paralisia cerebral ainda na infância, e se ofereceu para comprar um triciclo adaptado.
Seu objetivo é ir sozinho para a faculdade para não depender exclusivamente da sua mãe, e o youtuber, que recentemente foi seguido por Silvio Santos no Twitter, decidiu resolver a situação por conta própria.
Tal pedido foi apenas para receber ajuda na divulgação, mas o marido de Luísa Sonza se disponibilizou para comprar o equipamento. “Onde é que tem esse troço moço? ‘Nois’ compra agora!”, respondeu. Ele deu o valor do triciclo, em torno de R$ 25 mil, mas o dono da empresa responsável não fabricou a peça.
O valor teria ido para a conta do proprietário da empresa responsável por fazer o veículo adaptado, mas até o momento, ele não fez a entrega. “Whindersson e a Honda pagaram a ele tudo direitinho e ele sumiu, mas não imaginava que ele fosse assim”, lamenta o rapaz beneficiado ao UOL.
Ele levou o caso à Justiça e duas audiências sobre o caso já foram realizadas, mas até agora, não houve acordo. Enquanto isso, André continua na mesma situação de antes, dependendo da mãe para levá-lo para a faculdade, em Pelotas, Rio Grande do Sul.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.