Ceará

Ceará vai manter vacinação contra gripe para grupos prioritários que não atingiram meta

Dois dos sete grupos prioritários não alcançaram a cobertura de 90% de doses aplicadas da vacina contra a gripe: crianças entre seis meses e cinco anos e gestantes. Entre as crianças, o percentual de vacinação foi de 86,96%; e o de gestantes, 87,77%. Ainda assim, o Ceará alcançou a meta nacional ao vacinar 95,63% do público-alvo, o que representa 2.212.492 de doses aplicadas
"Nós estamos orientando os municípios para que, mesmo com o fim da campanha – e se ainda tiverem estoque de vacinas –, sigam aplicando especialmente nesses dois grupos", afirma Ana Vilma Leite Braga, coordenadora de imunização da Secretaria de Saúde do Estado.
"De acordo com o Ministério da Saúde, se o estado conseguir que 70% dos municípios atinjam a meta com cobertura total, significa que ele atingiu a meta estabelecida. Nós tivemos 168, dos 184 municípios, com cobertura total. Em outros 105 a cobertura foi homogênea, o que significa que atingiram a meta em todos e em cada um dos grupos prioritários", explica.
Destaque
Em termos percentuais, o Ceará é o estado do Nordeste com maior cobertura e homogeneidade e o quarto do Brasil, atrás apenas de Goiás, Amapá e Distrito Federal. De acordo com o Ministério da Saúde, a campanha não vai ser prorrogada e não há vacina extra para enviar aos estados. "Todas as vacinas já foram distribuídas aos municípios e quem ainda tiver vacinas deve manter a vacinação", ressalta
Em Fortaleza ainda há um estoque pequeno de vacinas que vão ser aplicadas em gestantes e crianças, grupos onde a meta não foi alcançada entre os prioritários.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.