Copa do Mundo

Colômbia faz 3 a 0, e Polônia é a 1ª cabeça de chave eliminada da Copa

A Colômbia se recuperou na Copa do Mundoda Rússia, e com uma atuação inspirada, goleou a Polônia por 3 a 0, neste domingo (24), na Arena Kazan, em jogo válido pelo Grupo H.
O resultado manteve os colombianos vivos no Mundial e por tabela, eliminou a seleção polonesa da competição. A Polônia foi a primeira cabeça de chave a ser eliminado da Copa.
Com a vitória, a Colômbia chegou aos três pontos e está atrás de Japão e Senegal, líderes com quatro. A Polônia não somou pontos até agora.
A definição do grupo ficou para a última rodada, na próxima quinta-feira (28). Senegal e Colômbia jogarão em Samara, enquanto a seleção japonesa enfrentará os eliminados poloneses em Volgogrado. Empate nas duas partidas classificam japoneses e senegaleses. As duas partidas acontecerão às 11 horas (horário de Brasília).
Pressionadas pela situação no grupo, onde Japão e Senegal estão à frente com quatro pontos, as seleções de Polônia e Colômbia, derrotadas na primeira rodada, entraram em campo em Kazan visivelmente tensas.
Um reflexo deste nervosismo pode ser dimensionado pelo número de faltas cometidas pelas duas equipes. Apenas nos primeiros 15 minutos de jogo, seis infrações já haviam ocorrido, três para cada lado.
A necessidade de buscar a vitória fez com que poloneses e colombianos jogassem de forma intensa, porém um tanto atabalhoada. Mas com a bola no chão, a melhor qualidade técnica da Colômbia fazia a diferença.
Como por exemplo, aos 25 minutos, quando após um rápido contra-ataque puxado por James Rodriguez, Falcao Garcia deixou dois zagueiros poloneses para trás, mas errou ao tentar passar a bola para Cuadrado, desperdiçando uma chance de abrir o marcador.
O meia da Juventus voltou a causar problemas na defesa polonesa aos 35min, porém foi bloqueado pela defesa. Cinco minutos depois, a Colômbia conseguiu finalmente abrir o marcador.
Após uma bela jogada individual do meia James Rodriguez, a bola veio alta para o meio da zaga. Sem marcação, o zagueiro Mina, ex-Palmeiras, cabeceou livre, fazendo 1 a 0 para os sul-americanos.
O desenho da partida não se modificou no início do segundo tempo. O argentino José Pekerman, treinador da Colômbia, orientou sua equipe para uma postura um pouco mais defensiva, esperando a Polônia em seu campo para explorar os contra-ataques.
Com apenas dez minutos, Falcao Garcia e Quintero perderam duas ótimas oportunidades para ampliar o placar e definir a partida.
A Polônia só conseguiu mostrar algum sinal de reação aos 12 minutos, quando Lewandowski, até então apagadíssimo no jogo, dominou uma bola no meio dos zagueiros e chutou na saída do goleiro Ospina, que fez uma corajosa defesa aos pés do atacante do Bayern de Munique.
Mal ele sabia que aquele seria o último suspiro de sua seleção nesta Copa do Mundo. Em apenas seis minutos, a Colômbia conseguiu marcar duas vezes e decidiu a partida.
Primeiro, aos 24 minutos, com Quintero pegando uma bola na intermediária e fazendo um lançamento precioso para Falcao Garcia tocar na saída do goleiro polonês.
Depois, aos 30, James Rodriguez deu passe perfeito para que Cuadrado, na intermediária, deixar a zaga polonesa para trás a tocar fora do alcance do goleiro Szcesny, fazendo 3 a 0 e definindo a partida.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.