Ceará

Fortaleza joga mal contra São Bento, perde a partida e a invencibilidade na Série B

No encontro dos invictos, melhor para o São Bento-SP. O time sorocabano venceu por 2 a 1 o Fortaleza, no estádio Walter Ribeiro. Resultado que freou o Leão do Pici, líder da Série B, que estacionou nos 23 pontos. O Bentão, por sua vez, é o sexto colocado, com 16.
Na próxima rodada, o Fortaleza recebe o Brasil-RS, na sexta-feira (15), às 19h15, na Arena Castelão. Já o São Bento tem confronto paulista com o Guarani, quinta-feira (14), às 21h, no Brinco de Ouro.
O JOGO
A partida no Walter Ribeiro começou bem tímida, com os dois times se estudando. Mesmo jogando fora de casa, o Fortaleza tinha mais posse de bola, trocava passes, mas pouco conseguia penetrar na área do São Bento. Sim, um primeiro tempo ruim para duas equipes que estavam invictas na Série B.
Sem profundidade, o Leão tentava assustar em bolas alçadas à área adversária. Aos 35 minutos, após cruzamento de Edinho, pela direita, em cobrança de escanteio, Wilson cabeceou próximo à trave de Rodrigo Viana. Foi o único suspiro tricolor na primeira etapa.
Antes disso, aos 17, teve um gol do São Bento, mas que o árbitro Wagner Reaway assinalou impedimento, anulando-o. Doriva arriscou de fora, Boeck espalmou e Ronaldo, de cabeça, botou para as redes.
DOMÍNIO
O segundo tempo começou diferente. Mais incisivo, o São Bento foi pra cima em busca da vitória. O primeiro gol aconteceu aos 12. Dudu Vieira lançou para Luizão de cabeça. O zagueiro cruzou para Douglas Assis que, dentro da pequena área, só empurrou para as redes.
Quatro minutos depois, em cobrança de escanteio, Doriva levantou na área, Douglas Assis subiu mais alto que Jussani, testou firme e a bola passou à esquerda do gol de Boeck.
Aos 17 minutos, primeiro sinal de reação do Fortaleza. Edinho cobrou escanteio, Jussani escorou e Wilson tentou finalizar de calcanhar, mas a bola saiu para a linha de fundo.
O gol de empate saiu aos 22. Ligger cruzou para área e Wilson, de primeira, escorou para o fundo das redes.
A partir daí, só deu São Bento. Aos 25, Doriva arriscou de longe, Boeck tenta defesa, mas a bola passa por baixo do goleiro, e o time paulista ficou novamente à frente no placar.
O terceiro até aconteceu, mas o árbitro novamente assinalou posição irregular do jogador do Bentão e anulou o gol. Luizão marcou de cabeça, após cruzamento de Doriva.
Depois disso, mais um erro da arbitragem. Edinho chutou forte e a bola bateu no braço do zagueiro Douglas Assis, dentro da área, mas o juiz mandou seguir.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.