Ceará

Justiça afasta secretários de Tauá em operação contra fraudes em licitações

Dois secretários do município de Tauá e outros agentes públicos foram afastados, na manhã desta quinta-feira, 7. A operação "Pela estrada afora", do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), investiga fraudes em processos de licitação no município. Mandados de busca e apreensão também foram cumpridos sob determinação do Juízo da 2ª Vara da Comarca de Tauá.
Os promotores de Justiça Karina Mota Correia, Jucelino Oliveira Soares e Marcos Barbosa Carvalho deflagaram a operação. O requerimento atendido pela Justiça foi feito pela Promotoria de Justiça do Juizado Especial de Tauá. O MPCE investiga fraudes em processos de licitação e dispensas licitatórias no serviço de transporte escolar.
A busca resultou na apreensão de documentos na Secretaria de Educação, de Finanças, Comissão de Licitaçãoa, além da residência dos investigados. A secretária de Educação de Tauá, Maria Gertudes Mota; a ordenadora de despesas da mesma secretaria, Edite Luiza da Silva Ló; e o secretário do Gabinete do Prefeito de Tauá, Antônio Alberto Mota, foram afastados do cargo.
Promotores de Justiça das Comarcas de Tauá, Crateús, Boa Viagem, Canindé e Itatira cumpriram os mandados. Membros da Procuradoria dos Crimes Contra a Administração Pública (Procap) e Polícia Civil, Equipes Raio e Polícia Militar também estiveram envolvidos na ação.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.