Ceará

Transporte escolar para por falta de pagamento e alunos estão sendo prejudicados em Santa Quitéria

O final de mais um semestre letivo vem se aproximando nas escolas municipais de Santa Quitéria, no entanto, muitos alunos estão sendo prejudicados, perdendo aulas nos últimos dias.
Desde segunda (04), motoristas do transporte escolar estão paralisando as suas atividades, devido o atraso no pagamento que já chegam a três meses, por parte da empresa responsável, a TOPLOC Locações e Serviços.
Levantamento feito pelo portal A Voz de Santa Quitéria apontam que estudantes de, pelo menos, 17 localidades da zona rural do município, estão afetados com a falta do transporte.
Entre as localidades, estão Boa Vista dos Mirandas, Salão, Cacimba Nova, Grossos, Berubú, Ipiranga, Riacho Novo, Luva, São Pedro, Nova Brasília, Piabas, Pintada, Mata Fresca, Juá, Bela Vista, Valparaíso e Permuta.
Segundo relatos que chegaram à redação do AVSQ, os prestadores de serviço, que já vem cobrando os seus pagamentos ao longo desse período, sofrem com a dificuldade de comprar nos postos de combustíveis e também para fazer a manutenção dos veículos, além de comprometer os seus orçamentos pessoais.
De acordo com o Portal da Transparência do TCE-CE, a Prefeitura Municipal de Santa Quitéria pagou em 17 de abril, R$ 243.794,66 à empresa TOPLOC Locações e Serviços Eireli ME, para transportar os alunos das redes de ensino infantil e fundamental.
Os motoristas só retomarão as atividades, após a dívida ser quitada. A reportagem do portal A Voz de Santa Quitéria procurou nesta terça (05), o escritório da empresa para maiores esclarecimentos, no entanto, a funcionária responsável não estava autorizada a repassar informações.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.