Ceará

Empresário Yury do Paredão tem pedido de liberdade negado pela Justiça

O empresário Yury Bruno Alencar Araújo, o ‘Yury do Paredão’, de 30 anos, teve pedido de habeas corpus negado pelo Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE), na última quinta (9). Ele foi preso na segunda (6), em Juazeiro do Norte, após um vídeo em que o empresário aparece atirando contra seu caseiro circulou nas redes sociais.
O pedido foi analisado pela desembargadora Maria Edna Martins, que reconheceu indícios suficientes da autoria do delito e julgou que a liberdade de Yury oferece perigo "ao meio social, devendo-se manter a ordem pública".
A Polícia Civil cumpriu mandado de prisão preventiva, a pedido do Ministério Público do Ceará (MPCE), por porte de arma de uso restrito e disparo de arma de fogo.
‘Yury do Paredão’ apresentou à Polícia Civil a arma usada no vídeo, que pertence à Polícia Militar de Pernambuco. O empresário foi recolhido à Cadeia Pública de Juazeiro do Norte, mas depois transferido para a Penitenciária Industrial Regional do Cariri (Pirc). Com informações do Diário do Nordeste.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.