Ceará

Funcionário do Hospital de Santa Quitéria é preso na Operação Contumácia

Um funcionário do Hospital Municipal de Santa Quitéria foi preso na tarde desta quinta (09), durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão, dentro da Operação Contumácia, que investiga fraudes no seguro DPVAT.
Raimundo Gilberto Magalhães Gurgel, 57, foi preso em flagrante por falsidade ideológica de documento e material. Em sua residência, foram apreendidos documentos médicos com assinaturas falsas.
Segundo a delegada de Santa Quitéria, Joseanna Carla, Raimundo Gilberto, que trabalhava no arquivo da unidade, colaborava com o esquema, fornecendo os documentos necessários para as fraudes.
Ao site A Voz de Santa Quitéria, a delegada afirmou que o grupo criminoso já atuava no município a cerca de cinco anos, tendo movimentado mais de R$ 2 milhões em fraudes, tendo chamado a atenção dos investigadores, principalmente, pelo padrão de vida dos envolvidos, incompatível com as suas atividades formais.
Operação Contumácia prendeu ainda ontem, pela manhã, o empresário José Galvane Braga Sales, 54, apontado como chefe da organização criminosa. Segundo informações da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, ele já respondia a cerca de 50 processos criminais por estelionato e também será indiciado por lavagem de dinheiro.
Os dois envolvidos estão recolhidos na Cadeia Pública de Santa Quitéria.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.