Ceará

Brilux vai instalar fábrica e centro de distribuição no CE

Unidade deve começar a operar no 1º semestre de 2019, produzindo itens como detergente e água sanitária
O Grupo Raymundo da Fonte irá lançar, no próximo sábado (15), a pedra fundamental de uma unidade da marca de limpeza doméstica Brilux no Ceará. Com um investimento estimado em mais de R$ 56 milhões, a planta deverá iniciar as operações no primeiro semestre de 2019, gerando cerca de 150 empregos diretos. Essa será a primeira fábrica do grupo pernambucano no Estado e há a expectativa de dobrar a produção já nos próximos anos, com a mesma estrutura, segundo acredita Eduardo Neves, presidente da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece).
De acordo com Neves, a fábrica irá iniciar suas operações com uma produção mensal de 255 mil caixas (com 12 unidades cada) de água sanitária, 11,7 mil caixas de detergente e 62,7 mil caixas de amaciante. "Dependendo do desempenho da fábrica, nesta primeira fase, eles poderão dobrar esses números, na mesma instalação, adicionando mais um turno de trabalho", disse. "O início da obra será no sábado, e eles imaginam que, em abril ou maio de 2019, seja iniciada a operação".
Hoje, a marca Brilux contempla mais de 100 itens de limpeza doméstica, comercializados em todo o País. A unidade do Ceará será voltada para a fabricação de produtos clorados e não clorados, água sanitária, detergente e amaciante. A fábrica, que ficará na BR-116, no município de Horizonte, será a 5ª do Grupo Raymundo da Fonte, que hoje atua em Pernambuco, Bahia, Pará e Rio de Janeiro. Juntas, as plantas têm capacidade para produzir anualmente 300 milhões de litros de água sanitária.
Logística
"Como esse é um setor que depende muito de logística, a unidade de Horizonte terá, além da fábrica, um centro de distribuição, que irá receber produtos de outras unidades para fazer o mix aqui. Além disso, a fábrica será autossuficiente de embalagens", disse Eduardo Neves. As negociações para a atração da unidade tiveram início há cerca de dois anos. Para ele, um empreendimento do porte da Brilux, deverá impulsionar o desenvolvimento do Polo Industrial Químico de Guaiuba, também localizado na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).
Polo químico
"A importância de uma empresa de grande porte como a Brilux é que ela vem complementar o Polo de Guaiuba, criando oportunidades para as empresas lá instaladas e estimulando toda a cadeia produtiva", diz Neves. "O que a gente pretende agora é criar condições para que essa fábrica possa crescer".
Inaugurado em junho deste ano, o Polo de Guaiuba deve receber 27 empresas, gerando cerca de dois mil empregos diretos e sete mil indiretos. O empreendimento recebeu investimentos da ordem de R$ 10 milhões.
O Grupo Raymundo da Fonte atua nos segmentos de limpeza doméstica, higiene pessoal, condimentos e inseticidas, gerando 250 empregos diretos. A linha de produtos possui mais de 350 itens. Seus produtos estão presentes em 95% dos pontos de venda do Norte e Nordeste.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.