Ceará

Diretoria tricolor quer antecipar jogo contra o Paysandu pela Série B

Com dois jogos fora e outro em casa, contra o Paysandu, que pode ser no dia do centenário, Leão sonha com acesso
O plano é ousado, afinal de contas, o Fortaleza terá de encarar dois adversários indigestos, fora de casa: Brasil de Pelotas/RS e Oeste/SP. Na volta, tem o jogo contra o Paysandu, marcado para o dia 20 de outubro. O planejamento da diretoria do Leão é antecipar o jogo contra o Papão da Curuzu para o dia 18, data em que a agremiação completa 100 anos. E assim, quem sabe, poder até comemorar o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro.
A sequência de jogos do Leão na Série B do Brasileiro apresenta a seguinte situação: a equipe volta a jogar no próximo dia 5 de outubro, às 20h30, contra o Brasil de Pelotas/RS, na casa do adversário. Em seguida, dia 13 de outubro, será a vez de enfrentar o Oeste/SP, às 16h30, na Arena Barueri, pela 31ª rodada.
Centenário
Passados esses dois jogos, o Leão recebe em casa o Paysandu. O jogo está marcado na tabela para o dia 20 de outubro, às 19 horas, na Arena Castelão. Com 53 pontos atualmente, o Tricolor poderia retornar, em caso de duas vitórias fora de casa, com a chance de atingir a média histórica para subir para a Série A.
Por isso, a diretoria entrou com um pedido na CBF para antecipar o jogo contra o Papão da Curuzu para o dia 18, data do centenário. Se tudo correr bem, será uma festa total, entretanto, o discurso é de que o pensamento é partida por partida.
"De verdade, a gente tem pensado sempre no próximo jogo. A gente quer se preparar para o jogo contra o Brasil de Pelotas. Porque ficaríamos mais perto do nosso objetivo. Os torcedores, a gente deixa muito para eles (esses cálculos). Jogo a jogo, conquistar o jogo sempre. Mas sabendo que faltam nove rodadas", disse o presidente do Leão, Marcelo Paz. "É uma sequência de jogos muito difícil, principalmente porque o Brasil usa muito o fator campo para vencer seus jogos, mas seria o cenário perfeito se conseguíssemos os dois resultados. Mas, é partida a partida", afirmou o diretor de futebol, Daniel de Paula.
"O plano perfeito é o que a gente quer também, mas são jogos muito difíceis, temos que nos preparar bastante e não ficar pensando na posição em que o adversário está. Todo jogo é difícil, como foi contra o Vila Nova e São Bento. Encarar cada jogo como uma final", disse o meia Dodô.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.