Ceará

Feriadão deve gerar renda superior a R$ 150 milhões no Ceará

O feriado do dia da Independência do Brasil, 7 setembro, deve gerar renda de R$ 150,1 milhões no estado do Ceará, número 15,8% maior do que o mesmo período de 2017. A receita turística gerada deve ser de R$ 85,8 milhões, com crescimento percentual idêntico ao da renda: 15,8% Os dados são de uma pesquisa realizada pela Secretaria do Turismo do Ceará (Setur).
Todos os dados dos agregados turísticos analisados pela campanha tiveram crescimento em comparação ao ano passado. Fortaleza deve receber 75.894 mil turistas, número 12,8% maior do que o mesmo feriado em 2017.
Sobre a hospedagem, a taxa de ocupação hoteleira chega a 86%, o que indica crescimento de 5,6%. O maior índice deverá ser dos Flats, que somam 91,7% de ocupação prevista para o feriadão. Hotéis chegam a 86,7%, seguidos por Pousadas, com 79,1% e Albergues, com 73,5%.
Os principais destinos procurados pelos turistas são, como de costume, no litoral. Em primeiro lugar, Jijoca de Jericoacoara, com 94,1%, seguido por Canoa Quebrada, com 93,4%, e Guaramiranga, com 91,8%. Trairi, Praia das Fontes/Morro Branco, Porto das Dunas/Prainha e Cumbuco também entram na lista dos principais destinos, com índices entre os 89,8% (Trairi) e 80,9% (Cumbuco). A média de procura é de 88,8%.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.