Brasil

Mano Menezes avalia derrota do Cruzeiro e diz que resultado foi justo

Após eliminar o Palmeiras da Copa do Brasil na última quarta-feira, o Cruzeiro voltou a encarar o time paulista, desta vez pelo Campeonato Brasileiro, e acabou derrotado pelo placar de 3 a 1. Após a partida, o técnico Mano Menezes concedeu entrevista coletiva, e avaliou negativamente o desempenho da Raposa no jogo realizado no Pacaembu.
De acordo com o treinador, de uma forma geral o Cruzeiro não fez uma boa partida, e portanto, a vitória palmeirense foi justa.
“Não fomos bem. Acho que o resultado do jogo foi justo. Esperávamos esse tipo de dificuldade por conta das circunstâncias, por tudo que aconteceu na quarta, você transfere pro jogo algumas questões…Mas acho que dentro do campo as coisas foram normais. Normais no sentido de que ganhou quem jogou melhor, quem teve mais mérito, e perdeu quem não teve esse mérito”, declarou.
Mano ressaltou também que a derrota não aconteceu por conta de mau desempenho de algum atleta em especial, mas sim pelo coletivo.
“Não adianta tentar individualizar, não é justo isso. A gente não fez um bom jogo como equipe. Da mesma forma que quando fizemos um bom jogo, alguns jogadores se sobressaem individualmente; quando nós fizemos um jogo ruim, alguns também se sobressaem negativamente. Mas não é justo individualizar”, afirmou.
Sobre o rodízio de jogadores por conta da priorização de outros campeonatos, sobretudo a Copa Libertadores, o treinador foi enfático ao dizer que a equipe precisa correr riscos.
“Você luta para classificar na Libertadores, faz um sacrifício danado, aí quando você chega nas oitavas de final, não vai priorizar para tentar ganhar? Então você classificar para a Libertadores pra quê? Tem que lutar pelo título…Todas essas decisões envolvem risco. Tem que corrê-los, se não você não vai ser campeão nunca. Time que não corre risco, não é campeão”, completou.
O Cruzeiro volta a entrar em campo na próxima quinta-feira, 04/10, diante do Boca Juniors, no Mineirão, em partida válida pela volta das quartas de final da Copa Libertadores. Após perder por 1 a 0 na Argentina, o time brasileiro precisa devolver o placar para decidir a vaga nos pênaltis, ou vencer por três gols de diferença para avançar de forma direta.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.