Ceará

Motorista de aplicativo é morto por envolvimento no tráfico em Fortaleza.

Um homem foi preso suspeito de participação na morte do motorista do aplicativo
Na última segunda-feira, dia 3 de setembro, o motorista de aplicativo identificado como Ricardo Campina Barbosa desapareceu, a família iniciou uma campanha para encontrá-lo nas redes sociais. Na terça-feira, dia 4, por volta das 19 horas, Ricardo foi encontrado morto em uma casa na rua Joaquim Lima, no bairro Papicu em Fortaleza Ceará.
O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), após encontrar o corpo iniciou as investigações e descobriu que Ricardo além de ser motorista de um aplicativo trabalhava fazendo o serviço de cobrança para um homem identificado como Samuel Freitas Lima, que está preso, por tráfico de drogas. Ele teria ido ao local onde foi encontrado morto fazer uma cobrança de dívida de drogas a um usuário que devia a Samuel.
A polícia prendeu um homem identificado como Abnoam Avelino Vieira, de 47 anos, conhecido como “Pato Rouco”, um menor envolvido no homicídio ainda está sendo procurado e foi identificado outros dois homens que também foram assassinados logo após o homicídio do motorista do aplicativo: Robério de Sousa Marciano e Yan Saraiva de Souza, os dois têm 18 anos. Ambos foram assassinados em lugares diferentes.
Abnoam é o dono da casa onde o corpo de Ricardo foi encontrado. A polícia suspeita que Ricardo tenha sido assassinado apara atingir Samuel, que era desafeto de Abnoam.
De julho de 2017 até hoje já foram assassinados 16 motoristas de aplicativos, o caso mais recente aconteceu no bairro Vila Manoel Sátiro.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.