Ceará

Pacajus busca classificação para tão sonhada vaga na Copa do Brasil.

Em menos de um ano, o Pacajus Esporte Clube, fundado no dia 17 de junho de 2017, já luta por uma vaga na Copa do Brasil, uma competição que leva qualquer clube Brasileiro ao status de time grande. O Cacique do Vale do Caju, é o líder da Taça Fares Lopes com 8 pontos ganhos.
No próximo domingo enfrenta o Fortaleza no Estádio Presidente Vargas e se vencer garante praticamente uma vaga entre os quatro para o mata, mata.
O Presidente do Pacajus Wanilson Ribeiro, disse que desde que começaram a montar a equipe, eles projetaram estruturar o clube para a disputa de grandes competições.
‘’Continuamos montando uma equipe forte, onde o grande objetivo é colocarmos o Pacajus na Copa do Brasil e o trabalho já colhe os frutos e os resultados que nós esperávamos. Graças a abnegação de toda a Diretoria e a união do elenco, estamos no caminhando rumo ao nosso objetivo’’, comemora Wanilson Ribeiro.
Ele não esconde da imprensa o apoio que vem recebe do Prefeito do Prefeito de Pacajus Bruno Figueiredo, da Câmara dos Vereadores, através do vereador Reginaldo Firmino, e da coordenação técnica do Cacique, através de Orlando Gonçalves Júnior, coordenador técnico.
O próximo compromisso do time comandado por Mastrilho Veiga será diante o Fortaleza. Ordem da comissão técnica é aprimorar a pontaria e garantir mais três pontos e assim se distanciar dos concorrentes.
‘’Precisamos manter os pés no chão, e encarar cada partida como uma decisão. Temos uma só finalidade: vitória e assim garantirmos a nossa ida para a Copa do Brasil, que dará direito de colocar Pacajus no cenário nacional’’, vê o horizonte cada vez mais próximo o Presidente. Outra observação feita pela Diretoria é de que se o campeão da competição ficar com Fortaleza ou Ceará, o segundo colocado terá direito a vaga na Copa do Brasil. ‘’Estamos planejando cada partida, para que não venhamos a perder o foco principal que é a ida para a vitrine nacional’’, frisa Reginaldo Firmino.
CONHEÇA A HISTÓRIA DO PACAJUS
A equipe começou a disputar a Série do Campeonato Cearense em 2017, e terminaram a competição na primeira fase geral com 18 pontos. Perderam o direito de ida para a Série B, em quarto lugar.
Com a desistência do escrete de Tianguá, tiveram direito garantido de disputar a competição e mais uma vez ficaram na ponta com 17 pontos, mas no final do torneio o Pacajus ficou apenas na sexta colocação.
A Diretoria não desistiu e começou a montar um time competitivo para as disputas da Copa Fares Lopes que leva o nome de um ex-presidente da Federação Cearense de Futebol.
Foram contratados jogadores que atuaram no Boa Esporte, Campinense, Maranguape, Fortaleza, Horizonte, Centro Esportivo Alagoano – CSA e assim a base foi sendo montada e que agora rende resultados importantes.
O Pacajus agora é líder com oito pontos e passando pelo Leão do Pici encaminha a tão sonhada vaga.
ENTENDA COMO A FARES LOPES É DISPUTADA
O campeonato será disputado em três fases: primeira fase, semifinal e final. Na primeira fase, os clubes jogarão entre si em partidas de ida, totalizando oito jogos para cada clube. Os quatro primeiros colocados disputarão a semifinal. Na segunda fase da competição, as seis equipes jogarão entre si em jogos de ida novamente, totalizando cinco para cada clube.
Nas semifinais, os quatro clubes classificados irão disputar partidas de ida e volta, com mando de campo do segundo jogo para o clube com melhor colocação na primeira fase. Ao final dos dois jogos, o clube que somar o maior número de pontos estará classificado para a grande final do torneio. Na fase final, os clubes vencedores dos confrontos jogarão em partidas dentro e fora de casa e definirão o campeão da competição, com base em quem pontuar mais.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.