Ceará

Vovô e Leão duelam pela Copa Fares Lopes nesta segunda-feira (10), no Castelão

Quando Ceará e Fortaleza se encontram no Clássico-Rei, a partida raramente chega sem atrativos pela história e rivalidade que cercam os dois gigantes do futebol cearense. E nesta segunda-feira, às 20 horas no Castelão, ainda que ambos estejam jogando com times alternativos, já estão classificados para a Copa do Brasil, grande prêmio ao campeão da Taça Fares Lopes, a partida tem alguns atrativos no jogo válido pela 1ªFase.
Primeiro, pela Fares Lopes ser uma competição oficial, os dois rivais procuram 'engordar' suas estatísticas no clássico ou quebrar um tabu que esteja em jogo. Este ano, quem defende um tabu é o Ceará, já que em 4 jogos no Campeonato Cearense, o Vovô venceu 3, incluindo os dois jogos da Final, e empatou um.
Vale lembrar que no ano passado, o Leão venceu o Ceará por 2 a 1 no Castelão e aumentou um tabu que tinha de dois anos sem perder pro Vovô. Já em 2015, o Ceará goleou o Leão por 4 a 1, com show de Siloé, marcando 3 gols, partida determinante para Lisca utilizá-lo na Série B daquele ano e ser decisivo na permanência do Ceará.
O segundo atrativo é o atacante Clodoaldo. Ídolo do Leão nos anos 2000, o baixinho foi o carrasco de Ceará com a camisa tricolor pelos gols marcados e atuações destacadas, foi contratado para ser a grande atração do time no torneio. Ele marcou o gol da vitória contra o Floresta na estreia, crescendo assim, a expectativa de um gol dele diante do maior rival, revivendo a idolatria de uma geração de tricolores.
Em campo
Rivalidades à parte, Ceará e Fortaleza tem apenas um ponto em dois jogos no torneio e buscam recuperação com times basicamente formados por jogadores das categorias de base.
O técnico tricolor, Marconne Montenegro, disse que teve uma semana muito proveitosa de treinamento e vê chances de vencer a partida: "Independentemente de quem seja o adversário, se você está no Fortaleza, a ideia é vencer a partida e buscar o título da competição. Passamos a semana analisando em que erramos no clássico contra o Ferroviário e fizemos várias correções. Agora, é fazer valer a instituição para a qual trabalhamos", disse Marconne Montenegro.
Para o duelo o Tricolor de Aço terá dois desfalques: o zagueiro Zanatti e o lateral-esquerdo Laerth estão suspensos.
No Ceará, o coordenador técnico Leonardo Vitorino, espera que o clube dê continuidade na revelação de jogadores na competição. "O grande objetivo do Ceará é utilizar a Fares Lopes como oportunidade para seus jogadores da base, para que eles possam demonstrar seu potencial, visando sempre a Copa São Paulo do ano seguinte. O trabalho vem dando certo e esperamos ir avançando no torneio".

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.