Brasil

As regras do jogo devem ser respeitadas, diz ministra do TSE sobre as fake news

A ministra Rosa Weber, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), criticou duramente o compartilhamento de notícias falsas pelas redes sociais, neste domingo (21). A Corte realiza uma coletiva de imprensa para tratar do assunto. Rosa disse que o primeiro turno das eleições “ocorreu dentro da normalidade”.
Rosa afirmou que o sistema de votação é seguro e que não se pode colocar em dúvida o resultado do pleito. “Nestas eleições haverá vencedores e vencidos. As regras do jogo devem ser respeitadas. A Justiça Eleitoral não tem partido”, disse.
A magistrada afirmou que nenhuma das suspeitas de fraude levantadas pela internet eram verdadeiras e que é necessário tempo para apurar as alegações que correm pelas redes sociais. “A Justiça Eleitoral não combate boatos com boatos. Com bate com processos, fundamentados e respeitando os trâmites judiciais”, completou.
O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, também presente na coletiva, disse que o inquérito sobre a disseminação de mensagens ofensivas a candidatos está em andamento deste o sábado (20). “Esse tipo de fato, se ocorreu, é crime. Os autos correm em sigilo e as investigações estão em andamento. Temos também diligências sobre as mensagens que circularam nas redes sociais. Como o caso do homem que votou com a arma. Ele foi identificado e autuado. A arma (simulacro) foi apreendida e ele responde por violação do sigilo do voto”, disse.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.